Porto Alegre, sábado, 16 de outubro de 2021
img

Facebook remove anúncio da campanha de Trump com símbolo nazista; Deutsche Welle

Detalhes Notícia
Postagem sobre o "antifa" trazia triângulo invertido usado pela Alemanha nazista para designar prisioneiros políticos nos campos de concentração. Ação deve acirrar disputas entre o presidente americano e redes sociais. @Reuters/L.Millis

 

 

O Facebook removeu nesta quinta-feira (18/06) um anúncio da campanha eleitoral do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que continha um símbolo utilizado pela Alemanha nazista para designar prisioneiros políticos, incluindo comunistas, nos campos de concentração.

A rede social, que vinha sendo criticada por não interferir em conteúdos políticos postados em sua plataforma, justificou a remoção da postagem que trazia o símbolo – um triângulo vermelho de cabeça para baixo – afirmando que esta violou uma política contra “ódio organizado”.

“Não permitimos símbolos que representem organizações ou ideologias de ódio, a não ser que sejam colocadas dentro de um contexto ou em condenação”, disse o diretor de políticas de segurança do Facebook, Nathaniel Gleicher, em audiência na Câmara dos Representantes do Congresso americano. “Foi isso que vimos no caso desse anúncio. Em qualquer lugar que esse símbolo fosse publicado, tomaríamos as mesmas ações.”

O anúncio removido continha a imagem do triângulo invertido com a seguinte mensagem: “BANDOS perigosos de grupos de extrema esquerda estão correndo pelas nossas ruas e causando desordem absoluta. Eles estão DESTRUINDO nossas cidades e causando tumultos – é uma loucura absoluta… Por favor, acrescente seu nome IMEDIATAMENTE para se posicionar ao lado do seu presidente e da decisão dele de declarar o ANTIFA uma organização terrorista.”

Leia mais em Deutsche Welle