Porto Alegre, terça, 09 de agosto de 2022
img

Candidata a reitora da UFPel denuncia ofensas racistas em reunião virtual; Correio do Povo

Detalhes Notícia
Durante encontro online, Miriam Alves, representante da chapa 4, foi ofendida de forma anônima. | Foto: Moises Vasconcelos / Divulgação / CP

 

 

Integrantes da chapa 4 nas eleições para a reitoria da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) denunciaram que foram vítimas de ataques racistas nessa quinta-feira. A UFPel Raiz realizava uma reunião ampliada em uma sala virtual quando o ataque ocorreu. A candidata à reitora e professora do curso de Psicologia, Miriam Alves conta que 100 pessoas estava online e outras 60 aguardavam em uma lista de espera vaga para entrar quando ocorreram as ofensas.

O primeiro turno das eleições da nova reitoria da UFPel está marcado para setembro e o segundo, para outubro. A reunião tinha como objetivo apresentar propostas para a comunidade acadêmica e também externa. “Outros integrantes da minha chapa já tinham falado e eu estava apresentando pontos do programa de gestão.

Leia mais no Correio do Povo