Porto Alegre, quinta, 29 de julho de 2021
img

Moro conversa com Podemos sobre candidatura à Presidência ou ao Senado em 2022; O Globo

Detalhes Notícia
Incerteza sobre renovação de contrato na Alvarez & Marsal e pressão de grupos lavajatistas têm motivado ex-ministro de Bolsonaro a pensar. O ex-ministro Sergio Moro atuou no governo Bolsonaro e condenou o petista Lula Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Antes tratada como improvável, a disputa da eleição do próximo ano passou a ser considerada pelo ex-juiz Sergio Moro. Em conversas com lideranças do Podemos na semana passada, foram discutidas tanto a possibilidade de concorrer à Presidência da República quanto a de tentar uma vaga no Senado por São Paulo ou Paraná. O ex-magistrado ficou de dar uma resposta até novembro.

Desde que se mudou para os Estados Unidos, no final do ano passado, para trabalhar na consultoria Alvarez & Marsal, Moro vinha demonstrando pouco interesse em entrar na disputa eleitoral de 2022, embora nunca tenha descartado totalmente essa possibilidade. Uma pessoa que conversou com o ex-juiz recentemente disse que o “cenário está mudando e uma candidatura parece mais provável”.

Leia mais em O Globo