Porto Alegre, segunda, 20 de setembro de 2021
img

Porto Alegre: Prefeitura disponibiliza estrutura do Ceic para videomonitoramento do Estado. Sebastião Melo decreta luto oficial de três dias pela morte dos bombeiros

Detalhes Notícia

 

 

O videomonitoramento do Departamento de Comando e Controle Integrado (DCCI) da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-RS) passa a operar dentro das instalações do Centro Integrado de Comando da Cidade de Porto Alegre (Ceic) – órgão de segurança do município – a  partir desta quinta-feira, 22.O espaço foi disponibilizado pela prefeitura ao Governo do Estado para auxiliar na fiscalização de ocorrências policiais, monitoramento de imagens e triagem do cercamento eletrônico. O DCCI funcionava no prédio da SSP/RS destruído pelas chamas no incêndio da noite do dia 14 de julho.

O secretário municipal de Segurança, coronel Mário Ikeda, esteve nesta manhã na sede do Ceic para recepcionar os agentes estaduais e disse que o ato reforça a integração entre a segurança do município e do Estado. “A segurança não pode parar. Estamos muito satisfeitos em poder auxiliar e queremos integrar nossas forças policiais cada vez mais”, afirma Ikeda.

Além de espaço físico, também foi fornecido material tecnológico para os agentes do DCCI exercerem suas atividades de videomonitoramento. Oito posições de trabalho foram instaladas no Ceic e estarão em atividade durante 24 horas.

O coordenador geral do Ceic, coronel Marlo Toral, ressalta que a atuação do DCCI nas dependências do Centro deverá ser por um prazo indeterminado. “A ideia inicial é de que sejam necessários de 30 a 60 dias para a permanência deles aqui, mas estamos à disposição pelo tempo que for preciso”, explica.

O diretor do DCCI, coronel Marcel Vieira Nery, agradeceu a disponibilidade do espaço e salientou a importância do trabalho para a segurança da população. “Desta forma, manteremos a mesma qualidade dos serviços prestados no combate à violência e criminalidade”, diz o diretor.

Incêndio – Com a localização, na noite de quarta-feira, 21, dos corpos dos dois bombeiros que faleceram no incêndio do prédio da SSP/RS foi encerrado o trabalho da Defesa Civil do Município no local. Desde o dia do incêndio, equipes da prefeitura se revezaram no auxílio das buscas junto com o Corpo de Bombeiros.

Nesta quinta-feira, o prefeito Sebastião Melo decretou luto oficial de três dias pela morte dos bombeiros.