Porto Alegre, terça, 21 de setembro de 2021
img

Estreantes, Caio Souza e Diogo Soares ficam entre os 20 melhores do individual geral

Detalhes Notícia
Ginastas ficam nas 17ª e 20ª colocações; Nesta quinta, Rebeca Andrade compete às 19h50 do Japão (7h50 do Brasil). Gaspar Nóbrega/COB

Os ginastas brasileiros Caio Souza e Diogo Soares participaram nesta quarta-feira, 28, da final do individual geral dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A competição foi realizada na Ariake Gymnastics Centre. Caio terminou na 17ª colocação, com 81.532 pontos, enquanto o jovem estreante Diogo Soares ficou em 20º, com 81.198. Nesta quinta-feira, Rebeca Andrade disputará a final feminina do individual geral às 19h50 do Japão (7h50 do Brasil).

Caio começou muito bem a competição, chegando a ficar entre os seis primeiros depois de duas rotações. Depois, foi sendo superado por seus adversários. O atleta ainda disputará a final de saltos na segunda-feira, dia 2.

“Estou feliz com a minha apresentação. Óbvio que tive erros, treinamos muito para que não aconteçam, mas eu estou feliz porque hoje eu me tornei um finalista olímpico. Isso é indescritível. Então, estou muito satisfeito com o que aconteceu, apesar de tudo. É importante passarmos por isso. As finais por aparelhos são diferentes e agora é avaliar o que aconteceu para tentar melhorar e chegar na segunda-feira da melhor forma possível”, afirmou Caio.

Estreante em Jogos Olímpicos, Diogo Soares se mostrou satisfeito com a experiância vivida no Japão. “Foi sensacional. A experiência que vou levar daqui é imensa. Aprendi muito estando aqui, olhando os outros atletas, convivendo com a seleção. Minha cabeça mudou depois dessa competição. Antes eu achava que os Jogos Olímpicos era algo impossível, de outro mundo, mas esses atletas também erram, competem mal. Eu vi que é possível chegar perto destes caras. Eu senti que tenho capacidade de chegar. Meu sonho é estar no lugar desses caras e depois dessa experiência abriu meus olhos. Estou bem feliz”, descreveu Diogo.

A medalha de ouro no individual geral ficou com o japonês Daiki Hashimoto, com 88.465 pontos, seguido de Ruoteng Xiao, da China, prata com 88.065, e do russo Nikita Nagornyy, com 88.031.

Confira a pontuação dos brasileiros nos aparelhos na final do individual geral:

Caio Souza

Argolas – 14.500

Barra fixa – 13.266

Cavalo com alças

Paralelas – 14.500

Salto – 14.200

Solo – 12.933

Diogo Soares

Argolas – 13.233

Barra fixa – 13.466

Cavalo com alças – 12.833

Paralelas – 13.700

Salto – 13.833

Solo – 14.133