Porto Alegre, sexta, 03 de dezembro de 2021
img

Interesse na carreira de professor despenca em uma década no Rio Grande do Sul; Jornal do Comércio

Detalhes Notícia
Entre 2009 e 2019, número de estudantes de licenciaturas caiu 65,6% no RS. FREDY VIEIRA/JC

 

 

Esta sexta-feira (15), marca o Dia do Professor. No Rio Grande do Sul, a data será marcada por uma mobilização dos professores da rede pública estadual de ensino, que cobram valorização da carreira e 47,8% de reposição salarial – desde 2014 a categoria não recebe reajuste no Estado. A baixa atratividade da carreira docente pode ser percebida ao se analisar os dados relativos à procura por cursos de graduação em licenciaturas. De acordo com levantamento realizado pelo Sindicato do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinepe/RS), em uma década, o RS viu cair em mais da metade o número de alunos interessados em ser professores.

Em 2009, as instituições de Ensino Superior gaúchas tinham 134.731 estudantes de licenciatura. Passados dez anos, em 2019, esse número caiu para 46.335, uma redução de 65,6%, conforme dados do Censo da Educação Superior, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).
Os números do RS caminham em direção contrária àqueles observados no Brasil, onde houve um crescimento de 20% no número de estudantes em cursos de formação de professor: de 1.405.791 alunos em 2009 para 1.687.367, em 2019.

Leia mais no Jornal do Comércio