Porto Alegre, sexta, 03 de dezembro de 2021
img

Relator da CPI da Covid aponta Bolsonaro como integrante do 'núcleo de comando' de rede de fake news; O Globo

Detalhes Notícia
Relatório preliminar, ao qual O GLOBO teve acesso, destaca que Flávio, Eduardo e Carlos Bolsonaro, filhos do presidente, também influenciaram em propagação de notícias falsas durante a pandemia. O presidente Jair Bolsonaro 14/10/2021 Foto: Alan Santos/PR

 

 

O relator da CPI da Covid, Renan Calheiros, aponta Jair Bolsonaro como integrante do ‘núcleo de comando’ de uma rede de disseminação de fake news durante a pandemia. Em seu parecer prévio, obtido pelo GLOBO, o parlamentar afirma que o presidente e seus filhos Flávio, Eduardo e Carlos — respectivamente senador, deputado federal e vereador pelo Rio — são “a cabeça da organização” de propagação de notícias falsas. Segundo o relator, no total, a CPI vai pedir indiciamento de Bolsonaro por 11 crimes.

“Esse núcleo tem a função de dirigir a organização e orientar estrategicamente as ações realizadas nos níveis inferiores da hierarquia, dando-lhes diretrizes e informando-lhes de prioridades de ação”, diz trecho do relatório. O parecer aponta que o grupo de comando é hierarquicamente superior a outros quatro núcleos de fake news: formulador, político, de produção e disseminação, e de financiamento”, diz o relatório que propõe o indiciamento de Bolsonaro por incitação ao crime e por estimular o desrespeito a medidas de proteção sanitária.

Leia mais em O Globo