Porto Alegre, quinta, 27 de janeiro de 2022
img

Doutorando da UFRGS é indiciado pelo crime de racismo qualificado; O Globo

Detalhes Notícia
Álvaro Hauschild era investigado pela Polícia Civil desde a divulgação de mensagens e textos com conteúdo ofensivo aos negros, judeus e mulheres. Álvaro Körbes Hauschild foi indiciado pelo crime de racismo Foto: Reprodução

O doutorando Álvaro Körbes Hauschild, de 29 anos, foi indiciado pelo crime de racismo qualificado nesta sexta-feira. O estudante de Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) era investigado pela Polícia Civil desde a divulgação de mensagens e textos escritos por Hauschild com conteúdo ofensivo aos negros, judeus e mulheres.

— Ele foi indiciado pelo crime de racismo qualificado, que é mais grave que a injúria racial. Ele discriminou todo um grupo de pessoas, vários, na verdade. Ele foi homofóbico, transfóbico, antissemita e misógino. Ele tem publicações de toda natureza e realmente acredita na superioridade de uma raça sobre outras — afirmou a delegada Andréa Mattos.

Leia mais em O Globo