Porto Alegre, terça, 07 de dezembro de 2021
img

Total de favelas dobra no Brasil em dez anos e 20 milhões estão passando fome; Folha de São Paulo

Detalhes Notícia
Crédito para produtores menores e mudança na tributação sobre consumo são saídas. Pessoas recebem comida no Bom Prato, em Santana, zona norte de São Paulo Karime Xavier/Folhapress

Quase 20 milhões de brasileiros, um Chile, declaram passar 24 horas ou mais sem ter o que comer em alguns dias. Mais 24,5 milhões não têm certeza de como se alimentarão no dia a dia e já reduziram quantidade e qualidade do que comem. Outros 74 milhões vivem inseguros sobre se vão acabar passando por isso.

No total, mais da metade (55%) dos brasileiros sofriam de algum tipo de insegurança alimentar (grave, moderada ou leve) em dezembro de 2020, segundo levantamento da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan).

O inquérito, conduzido pelas pesquisadoras que validaram no país a Escala Brasileira de Segurança Alimentar usada pelo IBGE, procurou dar sequência a levantamentos do órgão estatal, feitos a cada quatro anos, como anexo da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) e Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF).

Leia mais na Folha de São Paulo