Porto Alegre, terça, 30 de novembro de 2021
img

Porto Alegre: Campeonato Gaúcho de futebol será Taça 250 Anos de Porto Alegre

Detalhes Notícia
Reunião na FGF definiu a homenagem para o aniversário da cidade em 2022. SMELJ/Divulgação PMPA

 

 

O Campeonato Gaúcho de futebol profissional de 2022 fará uma homenagem aos 250 anos da Capital. A definição ocorreu nesta quinta-feira, 21, em reunião entre a Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Secretaria Extraordinária para os 250 anos de Porto Alegre e Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Juventude. Além de se chamar Taça 250 Anos de Porto Alegre, a competição terá as bolas dos jogos na cidade com a logomarca dos 250 anos.

Grêmio, Internacional e São José também devem fazer parte das homenagens. Os times terão nos uniformes o símbolo do aniversário de 250 anos de Porto Alegre.

Para o presidente da federação, Luciano Hocsman, a participação é indispensável nesse momento histórico para a cidade. “Estamos muito felizes com todas essas homenagens. O futebol faz parte da história desses 250 anos e não poderíamos ficar de fora dessa comemoração. Para nós é uma alegria muito grande”, destacou.

O presidente também confirmou a possibilidade de realização de um Gre-Nal de masters no dia 27 de março, fim de semana de aniversário de Porto Alegre. O local e o horário ainda serão definidos e a organização tem a presença de Paulo César Tinga, ex-jogador da dupla Gre-Nal e da Seleção Brasileira.

Segundo o secretário extraordinário para os 250 anos de Porto Alegre, Rogério Beidacki, o empenho e as homenagens da federação são uma demonstração da importância desses 250 anos. “É mais uma grande conquista de Porto Alegre. O futebol é nossa paixão e nossa cidade também deve ser. Nada melhor que aliar isso às nossas comemorações, promovendo o esporte, o lazer e a união”, completou Beidacki.

Também participaram da reunião o secretário municipal de Esportes, Lazer e Juventude, Antônio Carlos de Oliveira Pereira, o Kiko, a diretora da secretaria, Andrea Rotuno, e o assessor da Secretaria Extraordinária, João Bosco Vaz.