Porto Alegre, terça, 30 de novembro de 2021
img

RS: GESeg vence o prêmio Gartner, maior reconhecimento de tecnologia aplicada à gestão pública do mundo

Detalhes Notícia
Sistema de estatística criminal era a única iniciativa latino-americana e superou cases da Flórida, Califórnia e Nova York. "É um reconhecimento internacional ao uso de ciência de dados e inteligência no combate ao crime", disse o vice Ranolfo - Foto: Mauro Nascimento / Palácio Piratini

 

 

Fator essencial para a redução recorde da criminalidade nos últimos dois anos no RS, uma iniciativa do governo gaúcho acaba de conquistar o status de referência internacional. O sistema utilizado pela Gestão de Estatística em Segurança (GESeg), desenvolvido pelo Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado (Procergs) para atender a Secretaria da Segurança Pública (SSP) dentro do programa RS Seguro, foi escolhido como grande vencedor do Prêmio Gartner Eyes on Innovation Awards For Government 2021.

O concurso, promovido pela maior instituição global de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), é tido entre especialistas no ramo como o mais importante reconhecimento de iniciativas da área aplicadas à gestão pública no mundo.

A partir do trabalho de ciência de dados, a plataforma de análise tecnológica, que já opera em versão beta, automatiza cálculos e fornece relatórios em padrões visuais para acelerar e aprimorar a leitura dos dados de ocorrências, o que qualifica o acompanhamento de foco territorial adotado pelo RS Seguro para monitorar os indicadores criminais e traçar as estratégias de prevenção e repressão.

“A conquista dessa premiação simboliza o reconhecimento internacional quanto ao sucesso da nossa estratégia no programa RS Seguro, com a utilização de ciência de dados e inteligência para qualificar o planejamento e a aplicação de recursos no combate à criminalidade. Uma vitória que alcançamos nessa parceria fundamental com a Procergs, desenvolvedora da plataforma. E faço questão de registrar que esse prêmio vai também a todos os operadores de segurança, homens e mulheres das nossas forças, que estão diuturnamente nas ruas executando as políticas públicas que traçamos para proteção de todos os gaúchos”, afirmou o vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior.

A solução gaúcha disputou a final com cases de tecnologias desenvolvidas pelos governos da Flórida, da Califórnia e de Nova York, nos Estados Unidos. A definição do projeto vencedor ocorreu por meio de votação na internet, da qual qualquer pessoa que atuasse no setor público (municipal, estadual e federal), abrangendo as esferas do Executivo, Legislativo e Judiciário, pôde participar.

“O GESeg é uma plataforma que usa tecnologia de ciência de dados e inteligência artificial, com análises preditivas e espaciais. A correlação de dados, a partir das várias bases de dados que estamos utilizando no produto, segurança pública, saúde, educação, dados econômicos, permitem podermos identificar e aplicar políticas públicas preventivas na segurança pública. Por exemplo: a probabilidade de um adolescente ingressar no crime no futuro ou de uma mulher ser vítima de feminicídio, entre outras”, afirma José Antonio Leal, diretor-presidente da Procergs.

Plataforma é finalista no maior prêmio nacional de governo eletrônico

Além do reconhecimento internacional, o sistema GESeg tem chamado atenção no Brasil. A solução é finalista do maior prêmio de excelência em governo eletrônico do país, o Secop 2021, na categoria e-Administração.

Na mesma premiação, a plataforma unificada de serviços (rs.gov.br), elaborada pela Procergs, pela Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG) e pelo o Escritório de Desenvolvimento de Projetos (EDP), concorre na categoria e-Serviços.

O Prêmio Excelência em Governo Eletrônico (e-Gov), do Secop, foi criado em 2002, pela Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (Abep) e pelo Ministério da Economia. Entregue anualmente, tem como objetivos reconhecer e incentivar o desenvolvimento de projetos e soluções de governo eletrônico nas administrações públicas federais, estaduais e municipais, assim como divulgar as iniciativas que, com o uso das TICs, modernizam a gestão pública em benefício do cidadão brasileiro.

Em sua 19ª edição, o prêmio neste ano considera iniciativas de governo eletrônico cujo foco seja o uso das TICs aplicadas a um amplo arco de funções de governo e, em especial, na relação deste com a sociedade.

As iniciativas, além de terem que promover relações em tempo real, e de forma eficiente, devem fomentar também boas práticas de governança, sendo catalisadoras de mudanças democratizantes nas estruturas de governo.

Sistema identifica quais pontos precisam de atenção na segurança

Também com grande prestígio nacional, a premiação da IT Mídia colocou o Rio Grande do Sul, por meio do GESeg, no seleto grupo dos 100+ Inovadores no Uso de TI em 2021. O sistema gaúcho foi vencedor na categoria Setor Público.

Para elaborar o ranking, a comissão organizadora do prêmio avaliou o cenário de inovação das empresas brasileiras, observando aspectos como cultura e a adoção de tecnologias como cloud computing, analytics, inteligência artificial e segurança da informação.

A partir do diagnóstico dos municípios considerados prioritários, o RS Seguro elaborou uma sistemática para colocar em prática o uso aprimorado de dados estatísticos no combate ao crime, primeiro eixo do programa.

Foi definida a realização mensal do monitoramento de quatro indicadores, três comuns a todos os municípios e um indicador escolhido conforme a realidade local de cada um.

Para fazer o monitoramento desses indicadores nos 23 municípios considerados prioritários pelo RS Seguro, a equipe técnica do programa elaborou um processo com ciclos mensais da Gestão de Estatística em Segurança, com quatro instâncias de análise, a GESeg. O sistema desenvolvido pela Procergs auxilia com a automatização de cálculo e fornecimento de relatórios visuais que aprimoram a utilização dos dados.

O trabalho de avaliação e estratégia tem início em cada unidade operacional das cidades abrangidas até chegar a um colegiado de governo, no qual o plano de ação passa a ser validado diretamente pelo governador Eduardo Leite e pelo vice-governador Ranolfo. Essa última instância atua em reuniões que ocorrerem sempre na segunda quinta-feira de cada mês.

Com essa sequência de reuniões, a GESeg atribuiu uma metodologia sistemática para avaliação permanente da evolução dos dados. Dessa forma, a cada mês, os gestores conseguem identificar quais indicadores reduziram ou se elevaram, quais os pontos que precisam de atenção, e quais estratégias tiveram melhores resultados, o que também permite compartilhar as boas práticas entre os diversos órgãos envolvidos.

Além disso, ao levar o diagnóstico desde a ponta até o governador e o vice, a GESeg qualifica a gestão e o planejamento com um trabalho de governança, com alinhamento na prioridade atribuída pela atual gestão do Executivo à área de Segurança Pública.

No final de setembro, como parte dos R$ 280,3 milhões de investimentos anunciados no Avançar na Segurança – maior montante destinado de uma só vez para a área na história do RS, com recursos exclusivamente do Tesouro Estadual –, a SSP apresentou o aporte de R$ 2,4 milhões para manutenção e evolução do Sistema GESeg.

O valor permitirá a renovação de licença e ampliação de recursos da ferramenta de análise espacial utilizada na solução desenvolvida pela Procergs.