Porto Alegre, segunda, 17 de janeiro de 2022
img

Depois de crise na esquerda na Câmara, até PT vota favorável à PEC dos Precatórios no Senado; O Globo

Detalhes Notícia
Senadores da oposição participaram de acordo que modificou diversos pontos da proposta do governo. Líder do PT no Senado, Paulo Rocha, em plenário Foto: Waldemir Barreto / Agência Senado

 

 

Após a crise com o PDT na votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios na Câmara dos Deputados, aprovada nesta terça-feira, os pedetistas se calaram durante a votação no Senado e outros partidos de oposição, como o PT, votaram a favor da matéria.

Duas legendas que resistiam à PEC, Cidadania e Podemos, liberaram as bancadas. Para facilitar a votação, o governo fez um acordo que incluiu várias concessões no texto original.

O Senado aprovou a PEC, em dois turnos, por 64 votos a favor e 13 contra. Como se trata de uma emenda à Constituição, eram necessários pelo menos 49 votos dos 81 parlamentares.

Leia mais em O Globo