Porto Alegre, segunda, 27 de junho de 2022
img

Carla Zambelli usa verba pública em viagem, é pega na mentira e se irrita, por José Benedito da Silva/Veja

Detalhes Notícia
Deputada foi fazer uma ‘turnê’ de direita pelos EUA com verba da Câmara. Carla Zambelli (PSL-SP) entrega mimo com a inscrição 'Bolsonaro' ao fundador da rede social Gettr, Jason Miller Twitter/Reprodução

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), que se elegeu em meio à onda conservadora de 2018 que prometia, entre outras coisas, renovar a prática política, está tendo que se virar com seus eleitores/seguidores para justificar uma viagem aos Estados Unidos para participar de uma marcha da direita contra o aborto e fazer proselitismo político.

Ela esteve nos EUA entre 19 e 23 de janeiro, na March for Live (marcha pela vida), um evento anual da direita americana que defende a vida desde a concepção e que serve de palanque para a direita – em 2021, Donald Trump tornou-se o primeiro presidente no mandato a participar do ato. Ela estava acompanhada do youtuber bolsonarista Gustavo Gayer, que foi apontado pela CPI da Pandemia como um dos que mais lucraram com a disseminação de fake news sobre a Covid-19.

Leia mais em Veja