Porto Alegre, segunda, 27 de junho de 2022
img

Rússia vai cortar fornecimento de energia para Finlândia; Deutsche Welle

Detalhes Notícia
RAO Nordic Oy alega falta de pagamentos e diz que não pode seguir financiando importação. Operadora finlandesa de energia garante que consumidores não serão afetados e que fornecimento será suprido de outras formas.. Cerca de 10% da energia consumida na Finlândia vem da RússiaFoto: Olli Häkamies/Lehtikuva/dpa/picture alliance

 

 

A Rússia vai suspender o fornecimento de eletricidade para a Finlândia a partir deste sábado (14/05), confirmou nesta sexta-feira a operadora finlandesa Fingrid. O anúncio do corte ocorre num cenário de crescente tensão entre Moscou e Helsinque, após a Finlândia afirmar sua intenção de aderir à Otan “sem demora”.

A RAO Nordic Oy, uma filial do grupo estatal russo InterRAO com sede em Helsinque, disse em comunicado que não recebe pagamentos pela bolsa de energia Nord Pool desde 6 de maio e, por isso, alega falta de meios financeiros para continuar recebendo a energia importada da Rússia. A Fingrid informou que não é a responsável pelos pagamentos. A Nord Pool se recusou a comentar o fato.

“Esta situação é excepcional e ocorre pela primeira vez em mais de 20 anos”, informou a RAO Nordic Oy em comunicado, afirmando que espera que a “situação melhore em breve” e que as entregas possam ser retomadas.

Principal importador de eletricidade da Rússia para os mercados nórdicos, a RAO Nordic opera na União Europeia desde 2002, e a Finlândia é o mercado de exportação mais importante da InterRAO. Em 2021, o país comprou 8,2 bilhões de quilowatts-hora de energia elétrica.

Leia mais em Deutsche Welle