Porto Alegre, quarta, 25 de maio de 2022
img

Portaria destrava ensino técnico em universidades; Estado de Minas

Detalhes Notícia
Modalidade poderá ser incluída na grade de faculdades, centros universitários e universidades apenas com um sinal verde do MEC. Laboratório do Cefet, em BH: Brasil tem 1,8 milhão de estudantes de ensino técnico e, com a portaria, espera-se que em torno de 500 mil vagas sejam abertas (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press - 9/8/17)

 

 

As instituições privadas de ensino superior se preparam para atuar num novo filão: o ensino técnico. Portaria do Ministério da Educação (MEC) autoriza faculdades, universidades e centros universitários particulares a oferecerem cursos profissionalizantes nesse nível de aprendizado.

A expectativa é de uma expansão de 25% do ensino técnico, que hoje conta com 1,8 milhão de estudantes em todo o país. A rede estadual de ensino mineira também estuda os novos caminhos possíveis com a portaria para ampliar sua oferta de formação profissional.

A Portaria 314 foi publicada no último dia 3 no Diário Oficial da União (DOU). Em evento na semana passada, o ministro da Educação, Victor Godoy Veiga, destacou a importância das novas regras para o setor.

Leia mais em Estado de Minas