Porto Alegre, sexta, 01 de março de 2024
img

Porto Alegre: Claudia Schroeder e Fátima Torri falam sobre poesia, erotismo e liberdade feminina em evento gratuito no Instituto Ling

Detalhes Notícia
A escritora (foto) e a jornalista se reúnem no dia 25 de novembro, sábado, às 16h, em uma tarde especial que une literatura, fotografia e vivências pessoais para discutir a relação entre prazer, saúde e autoestima. Foto: Letícia Remião

 

 

 

 

O Instituto Ling recebe no dia 25 de novembro, sábado, às 16h, O espelho é meu, uma experiência sobre poesia, erotismo e liberdade feminina criada pela poeta Claudia Schroeder a partir de suas vivências. Reunindo literatura, fotografia e vídeos-poemas, a escritora conduzirá uma conversa inspiradora através do universo feminino, passando por questões como sexualidade e empoderamento para discutir a relação entre prazer, saúde e autoestima. O encontro ainda terá participação da jornalista Fátima Torri, editora e idealizadora da plataforma Fala Feminina, que reúne uma série de conteúdos para pensar a condição e o lugar da mulher na sociedade contemporânea. O evento é gratuito, mediante inscrição no site www.institutoling.org.br ou na recepção do centro cultural (Rua João Caetano, 440). A atividade conta com apoio de Agência Millenium, BIYŌ.KOS e Mythago Produções.

Foto: Letícia Remião

Claudia Schroeder tem cinco livros de poesia: o primeiro deles escrito aos 14 anos. Foi por meio da escrita que acabou encontrando terreno fértil para um ser e estar no mundo de maneira inteira. Com o livro Leia-me Toda, da editora Dublinense, ficou em 3º lugar no Prêmio Biblioteca Nacional. Seu poema Jantar conquistou o 2º lugar no Concurso Nacional de Poesia Helena Kolody, além de ter sido publicado na coletânea A Poesia é para Comer, ao lado de nomes como Hilda Hilst e Chico Buarque.

Em 2021, lançou As partes nuas, pela editora Francisco Alves, apresentado pelo poeta português José Luis Peixoto como um livro-corpo. A obra foi finalista do Prêmio AGES e do Prêmio Academia Rio-Grandense de Letras. Em 2022, lançou As línguas são para outras coisas, da editora Taverna, com orelha escrita pela cantora e compositora Marina Lima, que destaca o erotismo elegante da autora. Também foi finalista no Prêmio Flip de Literatura de Paraty, entre outras participações literárias.

Mantém um perfil no Instagram onde publica fotos autorais, poemas inéditos e vídeo-poemas protagonizados por nomes como Pedro Bial, Ana Beatriz Nogueira, Lázaro Ramos e Bárbara Paz, que também estão acessíveis no seu canal no Youtube.

 

Fátima Torri é jornalista, idealizadora e editora da plataforma Fala Feminina, projeto que surgiu da inquietação de Fátima ao observar as diferenças entre os mundos masculino e feminino.

Com o acúmulo de questionamentos guardados ao longo da vida, a jornalista resolveu dar voz às mulheres que, assim como ela, querem questionar um mundo que ainda vive sob uma lógica machista. Mulheres que querem perguntar, debater, revolucionar.

 

SERVIÇO – PROGRAMAÇÃO PRESENCIAL
O espelho é meu: um encontro sobre poesia, erotismo e liberdade feminina
Com a escritora Claudia Schroeder e a jornalista Fátima Torri
Dia 25 de novembro, sábado, das 16h às 17h30
Instituto Ling (Rua João Caetano, 440 – Três Figueiras – Porto Alegre/RS)

Gratuito, mediante inscrição prévia no site www.institutoling.org.br ou na recepção do centro cultural

Informações úteis
institutoling.org.br
www.facebook.com/InstitutoLing
www.instagram.com/Instituto.Ling
twitter.com/@InstitutoLing
www.youtube.com/c/InstitutoLingCultural
Fone: 51 3533-5700
Email: instituto.ling@institutoling.org.br