Livros: “E Agora, Gauchada? A Crise do Rio Grande e Caminhos de Mudança” será lançado nesta quarta-feira no Instituto Ling

Livros: “E Agora, Gauchada? A Crise do Rio Grande e Caminhos de Mudança” será lançado nesta quarta-feira no Instituto Ling

Agenda Cidade Cultura Destaque Economia Negócios Notícias Poder Política Porto Alegre Trabalho

O livro nasceu de uma inquietação do economista Luiz Tadeu Viapiana e um grupo de gaúchos: que Rio Grande queremos deixar para nossos filhos e netos? Falar da crise já se tornou corriqueiro, mas quais são os caminhos possíveis para superá-la, como indivíduos e como sociedade? Como transformar a realidade e recolocar o nosso estado no caminho da prosperidade?

Partindo destas indagações, Viapiana convidou: Andre Nunes de Nunes, Cézar Busatto, Daniel Andrade, Darcy Carvalho F. dos Santos, Elis Radmann, Joal de Azambuja Rosa, Julio Francisco Gregory Brunet, Lucas Schifino, Marcelo Vernet de Beltrand, Patrícia Palermo, Paulo G.M. de Moura, Paulo Lomando, Paulo Nascimento, Roberto Balau Calazans e Ronald Krummenauer para escrever. Os quatorze capítulos da obra organizada por Viapiana oferecem análises e propostas que cobrem várias áreas: política, finanças públicas, política industrial, educação, segurança pública, governança e inovação. O resultado é um panorama das dificuldades – e possíveis soluções – que o Rio Grande do Sul precisa enfrentar se quiser recuperar a posição de destaque que já ocupou no cenário nacional.

Ainda que os pontos de vista sejam variados e cada autor tenha seu estilo argumentativo, há muito em comum nos artigos desta obra. A começar pela noção de que o debate público de ideias é indispensável se queremos transformar a nossa realidade. Outra característica que perpassa todo o volume é o caráter propositivo da maioria dos textos.

Os autores autografam o livro nesta quarta-feira, 31 de outubro,  a partir das 19h, no Instituto Ling.

E AGORA, GAUCHADA? – Luiz Tadeu Viapiana (org.)

272 páginas | 16x23cm | ISBN 978-85-540492-0-1

R$ 48,00

Arquipélago Editorial

www.livrariaarquipelago.com.br

Pesquisa da Arko Advice com 80 economistas e analistas do mercado financeiro sobre 2017 e o governo

Agenda Destaque Economia Negócios Notícias

Pesquisa da Arko Advice com 80 economistas e analistas do mercado financeiro sobre 2017 e o governo

Qual sua expectativa sobre o desempenho do PIB em 2017?

Abaixo de 0%: 25%
Abaixo de 1%: 65%
Entre 1% e 2%: 10*

2) Qual é a sua expectativa em relação à Reforma da Previdência em 2017?

Aprovação de algumas medidas de impacto: 15%
Aprovação de boas medidas de impacto: 65%
Aprovação de poucas medidas de impacto: 20%

3) O governo Temer vai sobreviver aos desdobramentos da Operação Lava-Jato em 2017?

Sim:60%
Talvez: 40%

4) Qual é a sua expectativa sobre a dimensão dos efeitos da delação da Odebrecht sobre o mundo político?

Devastadores: 15%
Impressionantes: 30%
Relevantes: 55%

5) Quais são os pontos fortes do governo Temer para 2017?

Base de apoio no Congresso: 37,5%
Agenda Fiscal: 15%
Núcleo Econômico: 35%
Privatizações: 12,5%

6) Quais são os pontos fracos do governo Temer para 2017? Escolha dois

Comunicação: 27,5%
Comprometimento (Gabinete) com a operação Lava-Jato: 32,5%
Situação Fiscal dos Estados: 37,5%

7) Avalie o desempenho dos principais nomes do governo Temer. Classifique entre 0 (pior desempenho) e 5 (desempenho excepcional):

Michel Temer (Presidente): 3,1
Henrique Meirelles (Fazenda): 3,63
Ilan Goldfjan (BC): 3,19
Pedro Parente: 4,5
Eliseu Padilha (Casa Civil): 2,52
Moreira Franco (PPI): 2,05
Fernando Bezerra Coelho Filho (Minas e Energia): 2,5
Dyogo Oliveira (Planejamento): 2,5
Maria Silvia (BNDES): 3,66