Porto Alegre ganha casa de jogos um dia depois de TJ considerar atividade ilícita

Porto Alegre ganha casa de jogos um dia depois de TJ considerar atividade ilícita

Cidade Destaque Direito Poder Política Saúde Segurança Tecnologia Turismo

Um dia depois que a 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJRS) considerou ilícita a exploração de jogos de azar, o que pode culminar em condenações por contravenção penal, no Rio Grande do Sul, uma cerimônia marcou, na tarde de hoje, a inauguração da casa Winfil, na zona Sul de Porto Alegre. O local, que passa a funcionar em regime de 24 horas, disponibiliza mais de 40 tipos de jogos, em 460 máquinas, todos os dias da semana. A empresa garante que as atividades não envolvem apostas em dinheiro.

Um dos sócios da Winfil, Rogério Dell’Erba Guarnieri, ainda sustenta que a casa de entretenimento com jogos é a primeira legalizada do Brasil. Garantindo ter experiência acumulada no ramo em um cassino de Las Vegas, nos Estados Unidos, o empresário garante não haver ilegalidade no negócio.

O discurso também é endossado pelo advogado da Winfil, Laerte Luis Gschwenter. “Não há apostas, não há valores estabelecidos, há maquinários de ponta preparado para o conceito de diversão. Nós vamos apostar no Brasil para que, na Justiça, a gente dê um passo a mais para a regulamentação. Estamos muito tranquilos, sabedores de que estamos cumprindo com toda legalidade e conscientes de que contravenção não é mais delito criminal no Rio Grande do Sul”, declarou.

Além disso, a Winfil se baseia em decisões da Turma Recursal do TJRS, que não considera a prática de jogos de azar como uma conduta criminal ao alegar que cabe ao Estado proibir as apostas no plano administrativo. A própria Corte gaúcha sustenta não ter uma posição “pacífica” sobre o assunto.

Dupla condenada no TJ por exploração de jogos de azar

Nessa quarta-feira, os desembargadores da 1ª Câmara Criminal do TJRS, por unanimidade, decidiram confirmar a condenação de dois irmãos que mantinham um bar com máquinas caça-níqueis em Gravataí. Em primeiro grau, a dupla já havia sido condenada por tráfico de drogas, porte ilegal de armas e exploração de jogos de azar.

O relator do processo no TJ, desembargador Jayme Weingartner Neto, justificou que o tema ainda não se encontra pacificado, mas sustentou que manteve a condenação dos réus por contravenção penal, além dos demais crimes. O desembargador ainda justificou que o jogo patológico é considerado um transtorno mental, com grande impacto para a saúde pública.

Casa de jogos inspirada em Paris 

A Winfil, pertencente a um grupo francês, vai funcionar na avenida Cavalhada, 5148, na zona Sul de Porto Alegre. O local comporta 1,5 mil pessoas, restaurante com 120 lugares e estacionamento gratuito para os clientes. Em torno de 200 funcionários devem trabalhar, diariamente, no empreendimento. O projeto arquitetônico teve como temática a capital francesa, Paris.

A reportagem do Correio do Povo apurou que a Winfil obteve alvará para casa de eventos, o que permite o funcionamento das 8h à meia-noite, embora a solenidade de hoje tenha confirmado que o local vai se manter aberto durante o dia inteiro. (Rádio Guaíba e Correio do Povo)

Jogos de Azar: Congresso FESTURIS abordará os impactos da legalização no Brasil. Painel ocorre no dia 5 de novembro, às 8h30, no Palácio dos Festivais em Gramado, e abordará a legalização de bingos, cassinos e jogos do bicho e o impacto da aprovação nos setores hoteleiro e turístico

Jogos de Azar: Congresso FESTURIS abordará os impactos da legalização no Brasil. Painel ocorre no dia 5 de novembro, às 8h30, no Palácio dos Festivais em Gramado, e abordará a legalização de bingos, cassinos e jogos do bicho e o impacto da aprovação nos setores hoteleiro e turístico

Destaque Negócios Poder Política Turismo

Além de fomentar negócios o FESTURIS Gramado- Feira Internacional de Turismo proporciona debates e novas abordagens no mercado turístico através do seu Congresso. Serão dois dias com oferta de muito conhecimento, nas manhãs dos dias 4 e 5 de novembro, no Palácio dos Festivais, com uma série de painéis relevantes para o setor turístico. Um assunto debatido atualmente no Brasil é a liberação dos jogos de azar que está passando por análises no Plenário da Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

O painel “Legalização de Jogos e o Impacto sobre a Atividade Turística” abordará o assunto e tem mediação do jornalista Claudio Schapochnik com a presença do presidente do Instituto Jogo Legal, Magnho José, e como debatedores o presidente da Federação Nacional de Hotéis, Alexandre Sampaio, o presidente da Associação Brasileira de Resorts, Luigi Rotunno e o presidente do Sindetur RS, Paulo Artur Chagas de Queiroz.

Segundo Magnho José, se houver vontade política ainda em 2016 os jogos podem ser implantados até maio de 2017. “Temos um atraso de 70 anos e retirar os jogos da ilegalidade para a legalidade gera ganhos imediatos. Hoje, os jogos clandestinos movimentam R$ 20 bilhões ao ano e nem o estado e nem a sociedade tem um ganho com isso. Com a legalização dos jogos vamos atrair mais investimentos, gerar empregos, tributos mensais para o estado e para o país.” ressalta.

Para o setor hoteleiro, Magnho afirma que o Brasil é o maior exportador de jogadores do mundo e assim exporta consumo, dividendos e divisas na área de jogos para Las Vegas e países do Mercosul. Com a implantação dos jogos no Brasil, os brasileiros podem ficar no país e os hotéis e resorts vão gerar empregos e renda. “Na rede hoteleira de quatro ou cinco estrelas, existem hoje cerca de 0,6 a 1 funcionário por apartamento. Caso for aprovada a legalização, pode ocorrer um aumento de 3,2 funcionários por apartamento. Os cassinos são um equipamento do turismo e geram 85 novas profissões que não tem em um hotel normal”. salienta, Magnho.

Sobre o painel que acontece às 8h30 do dia 5 de novembro, durante o FESTURIS em Gramado, Magnho irá abordar o mercado atual de jogos legais e ilegais, duas leis que estão tramitando no Congresso e qual o melhor modelo para colocar em prática no país e os benefícios dos jogos  para o setor turístico.

Para participar do Congresso FESTURIS basta comparecer no local, o Palácio dos Festivais, no dia do evento. Mais informações e programação completa pelo site www.festurisgramado.com.