Oito ministros, comando do Congresso e 24 senadores são investigados no STF.  Confira nomes gaúchos na lista de Fachin

Oito ministros, comando do Congresso e 24 senadores são investigados no STF. Confira nomes gaúchos na lista de Fachin

Notícias

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a abertura de inquérito contra oito ministros do governo de Michel Temer (PMDB), 24 senadores e 39 deputados federais. Serão abertas 76 investigações pedidas pela Procuradoria-Geral da República após as delações da Odebrecht. Entre os citados estão os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB).

Dois dos principais aliados de Temer, Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral), também estão na lista, que abrange ainda os senadores Romero Jucá e Renan Calheiros, do PMDB, e Aécio Neves (PSDB). No total a relação tem 98 nomes e inclui três governadores e um ministro do Tribunal de Contas da União. Algumas suspeitas da Procuradoria são corrupção, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro, fraude e cartel.

Fachin remeteu 201 outros casos a tribunais de instâncias inferiores envolvendo citados sem foro no Supremo — entre os mencionados estão os ex-presidentes Lula, Dilma Rousseff e Fernando Henrique Cardoso. Os inquéritos iniciam longo trâmite. Investigarão o teor das delações, que precisarão de provas adicionais para tomar-se efetivas. Ainda há as fases da denúncia e do processo, com ampla defesa, antes do julgamento.

 

Gaúchos na lista de Fachin

1. Beto Albuquerque (PSB)

2. Eliseu Padilha (PMDB)

3. Estilac Xavier (Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado)

4. Frederico Antunes (PP)

5. Germano Rigotto (Ex-governador do Rio Grande do Sul)

6. Humberto Kasper (Ex-presidente da Trensurb)

7. Jairo Jorge (PDT)

8. Marco Arildo Prates da Cunha (Ex-presidente da Trensurb)

9. Marco Maia (PT)

10. Maria do Rosário (PT)

11. Manuela d’Ávila (PCdoB)

12. Onyx Lorenzoni (DEM)

13. Paulo Ferreira ( PT)

14. Ronnie Peterson Melo (PP)

15. Yeda Crusius (Ex-governadora do Rio Grande do Sul)                         (Felipe Vieira com informações da Folha de São Paulo, Rádio Guaíba e Correio do Povo)