Porto Alegre, sábado, 16 de outubro de 2021
img

Piratini recua e desiste de medidas anunciadas no IPVA. Datas para o pagamento, no entanto, ainda não foram divulgadas; por Flavia Bemfica/Correio do Povo

Detalhes Notícia

Notice: Trying to get property 'post_excerpt' of non-object in /home/felipevieira/www/site/wp-content/themes/felipevieira/detalhes-noticia.php on line 263

Deputados integrantes da base aliada que deixam a reunião com o governador Eduardo Leite (PSDB) confirmam que, após a repercussão negativa, o Executivo vai reverter as medidas anunciadas sobre o IPVA na segunda-feira.

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Frederico Antunes (PP), está entre os parlamentares que já deixaram o encontro e informaram que as mudanças não vão acontecer.

“O governador deve anunciar a revisão da aplicação. A tendência é de que volte a ser como era antes”, disse em relação à possibilidade dos parcelamentos. “O importante é que a manifestação de parlamentares da base teve eco e o governador, como sempre tem sido, foi sensível, foi humilde no reconhecimento e faz aí a revisão de uma aplicação de uma mudança”, acrescentou Antunes.

O líder da bancada do PSB, deputado Elton Weber, afirmou que, a Leite, os parlamentares se manifestaram enfaticamente para que sejam mantidas as regras atuais. Elas  permitem o parcelamento e  estendem o pagamento pelos primeiros meses do ano, conforme o final da placa. Pelo anunciado ontem pela secretaria da Fazenda, todos precisariam pagar o IPVA em janeiro.