Porto Alegre, terça, 21 de setembro de 2021
img

Movimentos mantêm atos e dizem que agora vão pressionar Congresso

Detalhes Notícia

Notice: Trying to get property 'post_excerpt' of non-object in /home/felipevieira/www/site/wp-content/themes/felipevieira/detalhes-noticia.php on line 263

Depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) mudar o entendimento de 2016 e decidir que, segundo a Constituição, ninguém pode ser considerado culpado até o trânsito em julgado, os grupos que convocaram manifestações para este sábado em defesa da prisão em segunda instância dizem que agora o movimento será para pressionar o Congresso a reverter a decisão.

“A manifestação está mantida, mas vamos olhar daqui para a frente. A decisão do STF tem que ser respeitada, gostemos ou não, mas vamos pressionar os parlamentares para que seja feita uma mudança constitucional ou por PEC (Proposta de Emenda à Constituição) ou projeto de lei”, disse Renato Battista, coordenador nacional do Movimento Brasil Livre (MBL).

Leia mais em O Estado de S.Paulo