Porto Alegre, segunda, 20 de setembro de 2021
img

Livros: Escola Municipal de Ensino Fundamental, Arlindo Stringhini recebe biblioteca da empresa thyssenkrupp, em Guaíba

Detalhes Notícia

Notice: Trying to get property 'post_excerpt' of non-object in /home/felipevieira/www/site/wp-content/themes/felipevieira/detalhes-noticia.php on line 263

Ao enriquecer as bibliotecas de escolas públicas com a doação de livros, o projeto contribui para elevar a qualidade da formação dos jovens brasileiros. A coleção de 200 títulos patrocinada pela empresa será entregue no dia 22 de novembro, próximo, para a Escola Municipal De Ensino Fundamental Arlindo Stringhini, localizada em Guaíba, no bairro Columbia City.  A diretoria da escola receberá os livros da Analista de Comunicação Interna e Responsabilidade Social da thyssenkrupp Elevadores, Giovana Borba, que estará acompanhada por Adriane Laste, que leva às empresas o Projeto. A entrega contará com um evento de contação de histórias aos alunos.

O projeto Pró-biblioteca, iniciativa da Editora L&PM, idealizado para enriquecer as bibliotecas de escolas públicas, já foi aderido por 30 empresas no Rio Grande do sul, no Paraná e em São Paulo neste ano, numa ação que já beneficiou mais de 1,8 milhão pessoas de 1.160 escolas, em 200 cidades localizadas no interior e nas capitais brasileiras.

A thyssenkrupp Elevadores contribui com esse importante projeto de inclusão social e desenvolvimento cultural, por meio da Lei Rouanet, destinando parte de seus recursos ao Pró-biblioteca.  Além desse projeto, a empresa leva sua contribuição a outras entidades, hospitais e associações de todo o Brasil por meio das Leis Funcriança, do Esporte e do Idoso.

Livros 3f7293_9c1367f95e5249c29e2521ae9b9ce440~mv2

O Projeto Pró-biblioteca é chancelado pela Lei Rouanet de incentivo à cultura, para equipar e atualizar as bibliotecas de escolas públicas, com a finalidade fundamental de colaboração na formação dos jovens brasileiros. Tem também como missão incentivar a literatura entre a população que utiliza os acervos das bibliotecas comunitárias no país, sendo uma oportunidade de investimento na área educacional.

De acordo com o relatório do Banco Mundial divulgado em fevereiro de 2018, o Brasil pode levar 260 anos para atingir o mesmo nível de leitura de alguns países desenvolvidos. Com a defasagem de livros nas escolas públicas, essa crise de aprendizagem ainda é agravada. O projeto Pró-biblioteca é um exemplo de política para reduzir o déficit de aprendizado e aumentar o número de leitores ativos.

O Kit Biblioteca

São 200 títulos disponíveis de referências infantis, infantojuvenis e de literatura em geral, nacional e estrangeira, contemplando leitores de todas as idades, sendo um acervo concebido cuidadosamente através de pesquisa realizada por uma equipe de professores, seguindo as exigências pedagógicas do Ensino Fundamental e Médio, com a curadoria da Editora L&PM. Foram também consideradas as leituras obrigatórias e recomendadas para os vestibulares de todo o país.

As entregas dos kits às bibliotecas às escolas, aportadas em 2018, teve início em maio e seguem até dezembro de 2019, onde o diretor da L&PM, Paulo Lima, afirma que: “este é um projeto que veio para ficar, pois esta é uma forma de investimento direto na formação dos jovens brasileiros”.

Captação

A responsável pela captação de patrocinadores para o projeto Pró-Biblioteca é a empresa Polia Soluções de Marketing, especializada em crescimento de vendas, que segue disponibilizando para empresas interessadas em entrar na lista dos incentivadores da leitura no Brasil. O Projeto total dispõe de 300 bibliotecas que contém um total de 60 mil livros, o que impacta em 600 mil pessoas. Parte já foi destinada para várias escolas, e segue a busca de empresas interessadas nesse incentivo.