Porto Alegre, sexta, 03 de dezembro de 2021
img

MG: Governo de Minas investiga existência de 119 mortos na folha de pagamento

Detalhes Notícia

Em 2019, a Controladoria Geral do Estado de Minas Gerais (CGE-MG) apontou a suspeito de 119 mortos constando como beneficiários de verbas do governo do Estado. São 38 casos de funcionários falecidos, mas que continuam aparecer na folha de pagamento salarial. Isso acumula prejuízo mensal de R$ 102,5 mil aos cofres de Minas Gerais.

Há também oito casos de pessoas que recebiam pensão de morte, mas que já haviam falecido, gerando um prejuízo estimado de R$ 43,9 mil por mês. Contudo, o que mais causou dano nesse sentido, em 2019, foi a lista de pensionistas mortos que continuam a receber seus benefícios, de acordo com cruzamento de dados feitos pelo CGE, Tribunal de Contas da União e Controladoria Geral da União. São R$ 218,9 mil mensais de prejuízo causado pelo investimento.

Leia mais em O Tempo/BH