Porto Alegre, segunda, 24 de janeiro de 2022
img

Líder indígena vai à Justiça contra Bolsonaro por racismo

Detalhes Notícia

Em vídeo divulgado na quinta, o presidente defendeu que as comunidades indígenas se integrem ao restante da sociedade e avaliou que, cada vez mais, o índio está “evoluindo” e se tornando um “ser humano igual a nós”. No vídeo, ele destacou que o Conselho da Amazônia, estrutura criada no inicio da semana e que será comandada pelo vice-presidente Hamilton Mourão, será responsável pela coordenação das atividades de proteção da floresta e também pela defesa das reservas indígenas.
Sônia Guajajara foi uma das lideranças indígenas reunidas pelo cacique Raoni na semana passada em encontro no Mato Grosso que condenou as políticas de governo de Bolsonaro para os indígenas e rechaçou projeto de lei que permite mineração em terras protegidas. Durante cinco dias, 600 indígenas de 45 etnias defenderam a união do movimento indígena contra  o governo.

Clique aqui e leia a íntegra no site da Folha de São Paulo.