Porto Alegre, segunda, 17 de janeiro de 2022
img

Senadora do Paraguai infectada com coronavírus perde mandato após violar quarentena

Detalhes Notícia
Ex-pastora evangélica conhecida por posições radicais contra aborto e homossexualidade não respeitou isolamento para ir a encontro religioso e depois compareceu a reunião do Senado. A ex-senadora paraguaia María Eugenia Bajac, destituída por desrespeitar quarentena Foto: Reprodução

O Senado do Paraguai expulsou nesta terça-feira uma parlamentar da oposição que contraiu o coronavírus e que seus colegas acusaram de violar as medidas de isolamento. 

Os membros do Senado ficaram em quarentena após o escândalo envolvendo a senadora María Eugenia Bajac, ex-pastora evangélica conhecida por suas posições radicais contra a homossexualidade e o aborto. 

Bajac pediu permissão e diárias para uma viagem oficial à Guatemala, mas, em vez disso, viajou para o Peru para um encontro religioso, onde se presume que tenha sido infectada.

Leia mais em O Globo