Porto Alegre, terça, 09 de agosto de 2022
img

Porto Alegre: Capital vacina 608 mil pessoas contra gripe e alcança 85% da meta

Detalhes Notícia
Alguns grupos da segunda e terceira fases da campanha ainda estão longe de atingir o objetivo, como crianças e gestantes. Alex Rocha/PMPA

 

 

A prefeitura aplicou 608.204 doses de vacina contra a gripe nos grupos prioritários desde o início da campanha nacional, em 23 de março, o que representa 85% da meta geral de 715 mil pessoas em Porto Alegre. Integrantes do público-alvo que ainda não garantiram a proteção têm até 30 de junho para procurar um dos locais de atendimento. Nesta quinta-feira, 11, feriado de Corpus Christi, não haverá vacinação. O serviço retorna na sexta, 12, com mais de 100 pontos à disposição (confira antes de sair de casa), entre unidades de saúde e farmácias parceiras. As crianças devem ser imunizadas nas unidades de saúde para acompanhamento do calendário e aplicação das vacinas de rotina.

Na capital gaúcha, a meta de imunização de idosos acima de 60 anos e trabalhadores de saúde (primeiros com acesso à vacina) foi ultrapassada rapidamente, em 16 de abril. O quantitativo de doses para ambos os grupos chegou a 269,1 mil e 99,7 mil, respectivamente, nesta quarta-feira, 10, o que corresponde a 140% e 134% do propósito mínimo estipulado pelo Ministério da Saúde (90% da estimativa populacional).

Já alguns grupos da segunda e terceira fases da campanha ainda estão longe de atingir o objetivo. Desde 11 de maio, quando teve início a terceira etapa, foram vacinadas 34.247 crianças (42% da meta), 4.739 gestantes (38%) e 845 puérperas (42% de mulheres que recém deram à luz). A intenção da Secretaria Municipal de Saúde é imunizar pelo menos 81,2 mil crianças de seis meses a menores de seis anos, 12,5 mil gestantes e 2 mil puérperas.

Os grupos prioritários estão mais sujeitos a complicações após a infecção pelo vírus influenza, e por isso a importância da proteção. No caso de adultos de 55 a 59 anos e professores, últimos grupos da campanha, incluídos a partir de 18 de maio, foram aplicadas 36.524 e 7.206 doses, respectivamente. Isso corresponde, nessa ordem, a 50% e 67% da meta de vacinar 72.990 pessoas entre 55 e 59 anos e 10.683 professores.

Números da vacinação até 10 de junho:
608.204 doses aplicadas (85% da meta geral de 715 mil pessoas)

Idosos – 269.133
Trabalhadores de saúde – 99.732
Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis (comorbidades) – 123.548
Crianças – 34.247
Gestantes – 4.739
Puérperas – 845
Pessoas com deficiência – 1.606
Forças de segurança e salvamento – 25.558 pessoas
Trabalhadores do transporte coletivo – 6.156
Caminhoneiros – 2.561
Portuários – 511
Povos indígenas – 626 pessoas
População privada de liberdade – 4.154 pessoas
Funcionários do sistema prisional – 1.185
Adultos de 55 a 59 anos – 36.524
Professores – 7.206

Os dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI) são parciais e sujeitos a revisão.