Porto Alegre, quarta, 22 de setembro de 2021
img

Justiça autoriza justa causa de trabalhadora que furou quarentena e viajou; Folha de São Paulo

Detalhes Notícia
Suspeita de Covid-19 dá direito a licença remunerada automática; ainda cabe recurso. Trabalhador com suspeita de Covid-19 fica em licença remunerada até que o risco esteja descartado - Gabriel Cabral/Folhapress

 

 

O descumprimento da quarentena em caso de suspeita de contaminação por Covid-19 pode dar demissão por justa causa, decidiu o TRT-12 (Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região), que julga disputas entre patrões e empregados em Santa Catarina.

A trabalhadora que recorreu à Justiça do Trabalho foi demitida de um supermercado em agosto do ano passado. No período em que deveria estar em casa, cumprindo quarentena por suspeita de contaminação pelo coronavírus, ela viajou com o namorado para Gramado, cidade turística na região serrana do Rio Grande do Sul.

Na ação, ela defendeu que apesar de concordar que errou ao descumprir o isolamento, considerou desproporcional a aplicação da justa causa, uma vez que não forjou atestado para deixar de trabalhar.

Leia mais na Folha de São Paulo