Porto Alegre, terça, 30 de novembro de 2021
img

Banrisul mantém taxas de juros do financiamento imobiliário mesmo com alta da Selic

Detalhes Notícia
Empresas de São Paulo, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul participam da final no dia 26 de novembro.

 

O Banrisul decidiu manter as taxas de juros já praticadas em financiamentos imobiliários, apesar da elevação da taxa básica (Selic) de 4,25% para 5,25% ao ano. A decisão da instituição financeira de permanecer com as mesmas taxas vai na contramão dos bancos privados, que estão realizando o reajuste dos juros do crédito imobiliário em resposta à alta da Selic – que é o que define o custo de captação de recursos que serão oferecidos ao tomador de crédito.

De acordo com o diretor de Finanças e Relações com Investidores do Banrisul, Marcus Vinícius Feijó Staffen, “esse movimento de manutenção nas taxas de juros do crédito imobiliário reflete a estratégia global do Banco, reforçando nossa competitividade neste mercado, além de buscar, incessantemente, oferecer as melhores condições aos clientes, de modo a reforçar nossa parceria de longo prazo”.

O diretor de Crédito, Osvaldo Lobo Pires, destaca que a medida vai ao encontro do bom momento para investir no mercado imobiliário, e ressalta os benefícios do financiamento: “com a linha de crédito do Banrisul para aquisição e construção, o cliente pode financiar até 90% do seu imóvel residencial urbano, novo ou usado, com prestações decrescentes e prazo de até 35 anos, e ainda tem a possibilidade de usar o seu FGTS”. Osvaldo frisa, ainda, que o cliente que já tem crédito imobiliário em outra instituição financeira pode portar o seu financiamento para o Banco.

A taxa mínima do Banrisul é de 6,99% ao ano, mas os juros aplicados na concessão do crédito variam de acordo com o perfil do cliente. Para visualizar as taxas e estimar o valor de parcelas do financiamento imobiliário, clique aqui e confira o simulador disponibilizado pelo Banrisul .