Porto Alegre, quarta, 20 de outubro de 2021
img

Por 55 votos a 10, Senado confirma recondução de Aras para mais 2 anos à frente da PGR; Folha de São Paulo

Detalhes Notícia
Em sabatina, procurador indicado por Bolsonaro criticou Lava Jato e imprensa e disse que havia 'ameaças reais' a ministros do Supremo. Pedro Ladeira/Folhapress

 

 

O plenário do Senado aprovou na noite desta terça-feira (24) a recondução do procurador-geral da República, Augusto Aras, para um novo período de dois anos à frente da PGR (Procuradoria-Geral da República).

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro, Aras foi aprovado por 55 votos a favor e 10 contrários, além de uma abstenção. Eram necessários ao menos 41 votos, o que corresponde à maioria absoluta do Senado, que tem 81 parlamentares.

Há dois anos, Aras teve 23 votos favoráveis e 3 contra na CCJ e, no plenário, havia sido aprovado por 68 a 10. As votações de indicações de autoridades são secretas.

Nesta terça, a análise no plenário se deu pouco mais de duas horas após a aprovação de Aras pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), onde houve 21 votos favoráveis à recondução e 6 contrários.

Leia mais na Folha de São Paulo