Porto Alegre, terça, 24 de maio de 2022
img

Antes de Bolsonaro, Haddad vetou distribuição ‘gratuita’ de absorvente; Revista Oeste

Detalhes Notícia
Na época, o petista alegou que a medida não se justificava. Fernando Haddad (PT-SP) foi prefeito da cidade de São Paulo | Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

 

 

A deputada federal Marília Arraes (PT-PE) é a autora do projeto de lei que estabelecia a distribuição “gratuita” de absorvente para as pessoas vulneráveis no país, vetado pelo presidente Jair Bolsonaro na quinta-feira 7. A medida adotada pelo chefe do Executivo federal gerou críticas de intelectuais e partidos de esquerda.

Contudo, Bolsonaro não foi o primeiro político a vetar um projeto sobre o tema. Quando esteve à frente da prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad não permitiu que uma proposta similar fosse implantada na cidade. Da mesma forma, a ex-presidente Dilma Rousseff vetou o trecho de uma medida provisória que garantiria a desoneração de absorventes.

Leia mais em Revista Oeste