Porto Alegre, quinta, 02 de dezembro de 2021
img

Ao contrário de governadores, prefeitos das maiores cidades evitam polarização entre Lula e Bolsonaro; O Globo

Detalhes Notícia
Nos municípios mais populosos, mandatários aguardam cenário eleitoral se consolidar. Eduardo Paes, Alexandre Kalil e Bruno Reis Foto: Agência O Globo

Enquanto a maioria dos governadores segue a polarização entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula em 2022, os prefeitos de grandes cidades vêm evitando os dois candidatos mais bem posicionados nas pesquisas. Há quem já tenha se manifestado a favor de um outro nome, mas grande parte ainda prefere aguardar a definição do cenário.

Levantamento do GLOBO mostra que nos 50 municípios mais populosos, onde vivem um em cada três eleitores do país, apenas nove prefeitos se alinham hoje a Lula ou a Bolsonaro.

A indefinição ocorre em meio ao desgaste do governo, por fatores como inflação e desemprego, e também por resistências a uma aliança com o PT, devido a circunstâncias locais, abrindo um flanco para nomes da terceira via — que ainda não conseguiram, contudo, costurar acordos locais para impulsionar suas candidaturas.

Leia mais em O Globo