Porto Alegre, segunda, 27 de junho de 2022
img

Bares e restaurantes têm prejuízo em setembro, mas apostam em vendas do fim do ano; Jornal do Comércio

Detalhes Notícia
Um em cada quatro estabelecimentos registrou prejuízo ao longo de setembro no Estado. MARIANA ALVES/JC

Quatro em cada 10 bares e restaurantes do Rio Grande do Sul fecharam o mês de setembro com prejuízo, o que mostra que, apesar da retomada e flexibilização dos serviços em meio à pandemia, a recuperação econômica do setor de alimentação fora do lar ainda levará mais tempo. O apontamento, divulgado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) nesta terça-feira (9), integra a pesquisa mais recente elaborada pela entidade, e mostra que a situação dos estabelecimentos gaúchos é pior do que a média nacional do segmento.

Segundo o levantamento, 41% dos bares e restaurantes gaúchos mantiveram prejuízo em setembro, contra 32% da média no País. Embora aposte em uma recuperação, a radiografia preocupa o setor. “A situação continua crítica, porém, a retomada é evidente”, indica Maria Fernanda Tartoni, presidente da Abrasel no RS.

Apesar disso, mesmo com boa parte dos empreendedores operando no vermelho, os profissionais da gastronomia estão otimistas com o fim do ano. Segundo a pesquisa, 7 em cada 10 esperam o aumento de vendas na reta final de 2021. E essa confiança também impacta no mercado de trabalho, com 24% dos proprietários de bares e restaurantes afirmando a intenção de contratar funcionários para o período.

Leia mais no Jornal do Comércio