Porto Alegre, segunda, 24 de janeiro de 2022
img

Inter e Adidas apresentam camisa em homenagem à Consciência Negra

Detalhes Notícia

 

Inspirada no manifesto “Excelência Negra”, elaborado por Marcelo Carvalho, um dos criadores do projeto Observatório Racial, Inter e adidas se juntam para lançar, nesta quarta-feira (17), uma camisa especial em homenagem aos homens negros e mulheres negras do futebol brasileiro e suas conquistas.

Inclusivo, o Inter foi um dos primeiros clubes brasileiros a aceitar negros em seu grupo. Dirceu Alves foi contratado oficialmente em 1925, depois de ser destaque na Liga Canela Preta. No entanto, fez sua estreia com o manto Colorado em 1928, abrindo espaço para que mais negros começassem a compor o elenco principal.

A nova camisa é predominantemente preta e traz detalhes únicos do manifesto aplicados nos números do uniforme, com frases como “o negro no futebol brasileiro é a marca do Brasil”, “jogadores negros ganharam o mundo”, entre outras que contam as conquistas, perseverança e ousadia daqueles que nunca se deixaram silenciar.

Além disso, a camisa traz no peito um patch de um cabelo Black Power com a frase “É a Coroa” estampada em todo o desenho. Mais do que o conceito criativo dos uniformes que ressalta a inserção do negro no futebol brasileiro e toda sua trajetória como forma de manifestação contra o racismo, a camisa conta com as três listras adidas e o escudo do time para completar o design do lançamento.

Recentemente, o Clube lançou um patch, criado exclusivamente pelo artista Gonza Rodriguez, em homenagem à data. Nos próximos dias, novas ações serão desenvolvidas pelo Inter para marcar o mês da Consciência Negra.

As camisas, tanto no modelo masculino quanto no feminino, já estão disponíveis nas lojas físicas e no www.lojadointer.com.br, por R$ 279,99.