Porto Alegre, terça, 30 de novembro de 2021
img

Jovens gaúchos terão mil vagas gratuitas de capacitação para o mercado trabalho

Detalhes Notícia
Iniciativa chega ao estado a fim de formar jovens para o primeiro emprego. Laura Ferreira, 19, mora na zona sul de SP, trabalha como estagiária de contabilidade na "We Volt" e cursa contabilidade no Centro Universitário Ítalo Brasileiro. Crédito: Guto Garrote

 

O Instituto PROA em parceria com o Instituto Cyrela anuncia a abertura de mil vagas gratuitas para capacitar jovens vindos do 3º ano do Ensino Médio de escola pública do Rio Grande do Sul. Essa ação busca desenvolver o jovem para o mercado de trabalho e gerar oportunidades de emprego, com vagas exclusivas com empresas parceiras. As inscrições podem ser feitas no site https://plataforma.proa.org.br/.

Para participar, é preciso ter entre 17 e 22 anos; estar cursando ou ter concluído o 3º ano do Ensino Médio em uma escola pública; e residir no Estado do Rio Grande do Sul. O curso é on-line e gratuito. A duração é de três meses e, após, há um processo de encaminhamento para vagas de emprego para esses jovens. As aulas iniciarão em 4 abril de 2022 e as inscrições podem ser feitas até o dia 29 de março de 2022.

“Somos parceiros do Instituto PROA há alguns anos em São Paulo, e tínhamos muita vontade de levar essa oportunidade para os jovens de Porto Alegre e Rio de Janeiro, onde também atuamos. Acreditamos que esta parceria tem potencial para transformar a vida de centenas de famílias e estamos muito felizes de fazer parte desta transformação” afirma Débora Costa Galvão, Gerente de Responsabilidade Social do Instituto Cyrela.
“Sentimos que o mercado gaúcho é cheio de oportunidades e os jovens do Rio Grande do Sul são pessoas que buscam ter um futuro brilhante. São estudiosos e focados. Buscamos jovens assim, com o brilho nos olhos e prontos para agir e mudar a sua realidade para melhor”, destaca Alini Dal’Magro, CEO do Instituto PROA.
O PROA foi criado em 2007 a partir de um grupo de empresários que tinham um sonho em comum: ajudar jovens com poucas oportunidades a se tornarem protagonistas de suas próprias vidas. O Instituto desenvolveu uma Plataforma e uma metodologia que pode ser ampliada para transformar a realidade de jovens de todo o país. Desde a fundação, passaram pelo curso 8.500 alunos e 9 de cada 10 alunos formados conseguiu conquistar um emprego em boas empresas.

O Instituto PROA nasceu em São Paulo e, desde 2021, passou a atuar no Rio de Janeiro. Para 2022, prepara sua implantação no Sul do País. Além do Rio Grande do Sul, Santa Catarina vai oferecer vagas na Plataforma PROA. “Um dos nossos grandes sonhos é levar o PROA para todos os estados do Brasil. Como somos uma ONG e vivemos de doações, precisamos do apoio financeiro de alguma empresa parceira para financiar o curso. Conseguimos fechar parceria com o Instituto Cyrela, uma forte aliada do PROA há anos e que possui raízes e operações no Rio Grande do Sul”, revela Alini.

Além do Instituto Cyrela no Rio Grande do Sul, a BrF é apoiadora do projeto em Santa Catarina, a P&G, no Rio de Janeiro; a Fundação Casas Bahia, iFood, Accenture, Fundação Arymax, J.P. Morgan e Itaú Educação e Trabalho patrocinam a plataforma em São Paulo. O ingresso no mercado de trabalho é um desafio para os jovens de todo país. Segundo o IBGE, no terceiro trimestre de 2020, o Brasil registrava uma taxa de desemprego de 31,4%, na faixa dos 18 aos 24 anos. Entre os fatores que dificultam a conquista do primeiro emprego estão a inexperiência, a falta de profissionalização, os problemas de comunicação e a dificuldade em reconhecer e estimular as próprias habilidades.

Para diminuir essas barreiras, a Plataforma PROA oferece em sua formação básica aulas de Autoconhecimento (20 horas), Planejamento de Carreira (20 horas), Projeto Profissional (20 horas), Raciocínio Lógico (20 horas), Comunicação (20 horas). Depois dessa etapa, os estudantes podem optar por seis trilhas com capacitações mais específicas nas áreas de Análise de Dados, Varejo, Administração, Logística, Promoção de Marcas e UX Design.
“Nosso objetivo é proporcionar oportunidades reais de empregos para os estudantes que finalizarem o curso de 3 meses. Temos um time de empregabilidade que está focado em fechar parceria com empresas locais para garantir as vagas necessárias para os jovens gaúchos”, conclui Alini Dal’Magro, do Instituto PROA.
Inscrições e informações: https://plataforma.proa.org.br/

Instituto PROA
O Instituto PROA foi fundado em 2007 por um grupo de empresários que compartilham o sonho de impulsionar jovens com poucas oportunidades a serem protagonistas de suas carreiras.
O PROA fornece formações gratuitas para maximizar a chance desse público construir um futuro melhor em todo o país e tem o desejo de concretizar o seu objetivo de capacitar mais de 400 mil jovens nos próximos anos.

Sobre o Instituto Cyrela

No Instituto Cyrela, acreditamos fortemente que a educação é o ponto primordial para o desenvolvimento das pessoas e da sociedade. E é por meio do Investimento Social Privado que somos capazes de fazer a diferença que acreditamos. Existimos para esse propósito e queremos ajudar a melhorar a vida das pessoas.
Há 10 anos, apoiamos projetos que contribuem para o futuro de crianças desde a primeira infância até o primeiro emprego, nos territórios em que o grupo Cyrela está presente.

Saiba mais sobre o Instituto Cyrela no site: https://institutocyrela.org.br ou por meio de nossas redes sociais (@institutocyrela).