Porto Alegre, quarta, 29 de junho de 2022
img

Governo Bolsonaro cancela cúpula presencial de presidentes do Mercosul; evento será virtual; O Globo

Detalhes Notícia
Razão principal foi o surgimento da variante Ômicron, mas fontes do governo admitem que virtualidade ajudará a lidar com tensões internas pela visita de Lula à Argentina e conflitos econômicos com o Uruguai. O presidente brasileiro Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto Foto: Evaristo Sa (02-12-2021) / AFP

 

 

O governo brasileiro decidiu transformar em virtual a próxima cúpula de presidentes do Mercosul, prevista para o próximo dia 17 de dezembro, segundo um documento interno enviado aos outros países. O motivo principal para o cancelamento do encontro presencial dos presidentes foi a nova variante Ômicron do coronavírus, mas fontes admitiram que a situação atual do bloco é de fortes tensões por motivos políticos e econômicos entre seus membros, entre elas as provocadas pela viagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Argentina, na próxima sexta-feira.

A visita de Lula a Buenos Aires foi confirmada dias depois de reuniões de alto nível entre funcionários dos dois governos em Brasília, com motivo da comemoração do Dia da Amizade entre Brasil e Argentina, em 1º de dezembro. O governo do presidente Alberto Fernández enviou ao Brasil o secretário de Assuntos Estratégicos da Casa Rosada, Gustavo Beliz, um dos principais assessores do chefe de Estado argentino, que foi recebido pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, entre outros. O clima, semana passada, foi de extrema cordialidade.

Leia mais em O Globo