Porto Alegre, quarta, 26 de janeiro de 2022
img

Alemanha endurece restrições para conter covid-19; Deutsche Welle

Detalhes Notícia
Vacinados ou recuperados precisarão fornecer teste negativo para frequentar restaurantes. Quem tiver tomado dose de reforço será dispensado de apresentar exame. A Alemanha tem uma taxa de vacinação menor em comparação com alguns países europeus Foto: Michael Sohn/AP Photo/picture alliance

O chanceler federal da Alemanha, Olaf Scholz, e os governadores dos 16 estados do país concordaram nesta sexta-feira (07/01) com a imposição de novas regras e restrições para conter a propagação do coronavírus.

Scholz delineou novas regras para restaurantes e bares, além de encurtar os períodos de quarentena e autoisolamento.

Foi a primeira reunião do ano entre Scholz e os governadores para tratar do tema. As discussões ocorreram em um momento em que o novo governo alemão tenta dar novo impulso à campanha de vacinação de reforço e em meio a um aumento robusto de novos casos causados pela variante ômicron.

Quais são as novas medidas?
Regulamentos mais rigorosos serão aplicados a bares e restaurantes em todo o país.

O acesso aos restaurantes será limitado a pessoas totalmente vacinadas ou consideradas recuperadas que apresentem um teste negativo para covid-19. Já pessoas que tomaram uma dose de reforço poderão ser dispensadas de apresentar um teste negativo.

Leia mais em Deustche Welle