Porto Alegre, quarta, 25 de maio de 2022
img

'Fuga de jalecos': a onda de profissionais da saúde que trocam Brasil pelos EUA; BBC

Detalhes Notícia
Os Estados Unidos encerraram o mês de março com 11,5 milhões de vagas de emprego abertas - o maior número já registrado na história do país. CRÉDITO,GETTY IMAGES

 

 

A enfermeira Thaysa Guimarães, de 32 anos, relata que já chegou a emendar sete plantões, ou mais de 96 horas de jornada seguidas, em seu trabalho em uma unidade de saúde pública em Goiás.

Mãe solteira de três filhos, ela concilia o emprego em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na cidade de Anápolis com plantões algumas vezes por mês em um hospital universitário em Uberlândia, Minas Gerais. “Já cheguei a ter três empregos ao mesmo tempo para conseguir manter a renda da família – e mesmo assim fica tudo muito apertado”, conta.

Por isso, assim que ficou sabendo que colegas de profissão estavam emigrando para os Estados Unidos com ofertas de salário atrativas em dólar, além de jornadas consideravelmente menores do que no Brasil, Thaysa se interessou imediatamente.

Após alguma pesquisa, descobriu que existe um mercado aberto nos EUA para trabalhadores da área da saúde dispostos a revalidar seus diplomas emitidos no exterior – e decidiu seguir o mesmo caminho.

Leia mais em BBC