Porto Alegre, sábado, 02 de julho de 2022
img

Ronaldo lança produtora e prepara documentário que promete revelações sobre final da Copa de 1998, por Rafael Oliveira/O Globo

Detalhes Notícia
Ronaldo sofre com a marcação de Frank Leboeuf na final da Copa de 1998 — Foto: AP

 

 

‘Se as pessoas soubessem o que aconteceu, ficariam enojadas’. A frase, uma das mais famosas da internet, abre um texto igualmente consagrado. Trata-se da ‘fake news’ pioneira do ambiente virtual: uma denúncia de que a seleção vendeu sua derrota na final da Copa de 1998. Na ocasião, Ronaldo sofreu uma convulsão antes da partida, a equipe jogou mal e perdeu para a França por 3 a 0. A falta de explicação consistente para o que houve com o principal jogador do Brasil deu força àquela que talvez seja a maior teoria da conspiração do futebol. Depois de 24 anos, este episódio será resgatado com novas informações.

É o que promete o documentário, em fase final de produção, sobre a trajetória de Ronaldo Fenômeno entre 1998 e 2002. A produção, prevista para ser lançada antes da Copa do Catar, revê o período mais importante do hoje dono do Cruzeiro enquanto jogador: do Mundial em que ele sofre a convulsão e perde a final com a seleção, passando pelas lesões no joelho e o risco de dar adeus ao futebol até a redenção apoteótica no Japão, em 2002.

Leia mais em O Globo