Porto Alegre, sexta, 19 de agosto de 2022
img

Muitas armas e poucas mortes: por que Noruega e Finlândia estão na contramão dos EUA; BBC

Detalhes Notícia
Atirador matou pelo menos 19 crianças e duas professoras em escola no Texas. CRÉDITO,GETTY IMAGES

 

 

Na esteira do mais recente massacre nos EUA, em que 19 alunos e duas professoras foram mortos por um rapaz de 18 anos armado com um rifle, em Uvalde, no Texas, é interessante ver como os EUA se comparam com outros países em mortes de crianças causadas por armas de fogo.

Como apontou o Children’s Defense Fund, organização americana independente sem fins lucrativos, a violência armada é agora a principal causa de morte de crianças nos EUA. São nove disparos fatais em crianças por dia — ou seja, uma morte a cada duas horas e trinta e seis minutos, de acordo com a organização.

Uma minoria destes assassinatos envolve disparos em escolas ou massacres, a maioria corresponde a homicídios individuais de crianças, ligados a crimes de rotina e à violência de gangues, e resultam predominantemente na morte de crianças afro-americanas e de grupos minoritários.

Leia mais em BBC