Porto Alegre, domingo, 19 de maio de 2024
img

Concessão do Dmae pode não passar pela Câmara de Vereadores, por Bruna Suptitz/Jornal do Comércio

Detalhes Notícia
Melo (em pé) falou sobre a concessão do Dmae em reunião na Sociedade de Engenharia do Estado EVANDRO OLIVEIRA/JC

 

 

O edital para a concessão dos serviços hoje prestados pelo Dmae em Porto Alegre será finalizado com “a modelagem que for possível de ser construída”, disse o prefeito Sebastião Melo (MDB) a empresários em reunião na Sociedade de Engenharia do rio Grande do Sul (Sergs) nesta segunda-feira (29).

E quando estiver pronto, o que se espera para as próximas semanas, pode ir a leilão sem passar pela Câmara Municipal. Diferente do que afirmava desde o início da gestão, Melo indicou que pode abrir mão de buscar aval do Legislativo.

“Tem parecer fundamentado que excepcionaliza a questão do saneamento, mas não bati o martelo sobre isso ainda”, afirmou o prefeito à imprensa, pouco antes de discursar para quase 100 pessoas, a maioria empresários, durante almoço na sede social da Sergs.

O parecer está sendo elaborado pelo consultor Pedro Henrique Poli de Figueiredo, ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Caso consiga desviar da Câmara, Melo evitará um desgaste político, já que mesmo na base não há consenso sobre a pauta.

Leia mais no Jornal do Comércio