Porto Alegre, quinta, 18 de abril de 2024
img

Porto Alegre: CineBancários reabre em 15 de fevereiro com Mostra Revisitando 2023

Detalhes Notícia
Filmes como 'ANDANÇAS' que fizeram sucesso no ano passado voltarão a ser exibidos de 15 a 21/2. Foto: Ivan Klingen

 

A partir de 15 de fevereiro, o CineBancários reabre suas portas ao público depois do tradicional recesso de fim de ano. Como habitualmente ocorre, a programação inicia com uma pequena mostra com alguns dos filmes que estiveram em cartaz e foram destaque na nossa tela durante o ano anterior. De 15 a 21 de fevereiro acontecerá a Mostra Revisitando 2023, onde nove filmes serão exibidos em duas sessões cada, distribuídas ao longo da semana: ANDANÇA, TIA VIRGÍNIA, MÔA – RAIZ AFRO-MÃE, MEU NOME É GAL, MATO SECO EM CHAMAS, URUBUS, RETRATOS FANTASMAS, ELIS E TOM – SÓ TINHA DE SER COM VOCÊ e CASA VAZIA.

Programação Mostra Revisitando 2023 (15 a 21 de fevereiro)
*Não há sessões nas segundas-feiras

Dia 15/2
15h: ANDANÇA – OS ENCONTROS E AS MEMÓRIAS DE BETH CARVALHO
17h: TIA VIRGÍNIA
19h: MÔA – RAIZ AFRO-MÃE

Dia 16/2  
14h45: MEU NOME É GAL
17h: MATO SECO EM CHAMAS
19h45: URUBUS

Dia 17/2  
15h: RETRATOS FANTASMAS
17h: ELIS E TOM – SÓ TINHA DE SER COM VOCÊ
19h: ANDANÇA- OS ENCONTROS E AS MEMÓRIAS DE BETH CARVALHO

Dia 18/2  
15h: CASA VAZIA
17h: URUBUS
19h: TIA VIRGÍNIA

Dia 20/2 
15h: MÔA – RAIZ AFRO-MÃE
17h: MEU NOME É GAL
19h15: MATO SECO EM CHAMAS

Dia 21/2  
15h: RETRATOS FANTASMAS
17h: CASA VAZIA
19h: ELIS E TOM – SÓ TINHA DE SER COM VOCÊ

Sinopses

ANDANÇA – OS ENCONTROS E AS MEMÓRIAS DE BETH CARVALHO
Brasil/ Documentário/ 2022/ 115min
Direção: Pedro Bronz
Sinopse: Beth Carvalho, a “Madrinha do Samba”, foi uma das maiores sambistas do Brasil, ajudou a revelar grandes nomes e a revitalizar o gênero musical. Seus outros talentos e sua sensível capacidade de percepção da realidade que a cercava fez com que ela própria documentasse os ilustres encontros ao longo dos 53 anos de palcos e pagode. As imagens do documentário são parte desse vasto acervo nas mais diferentes mídias: super-8, vh-s, mini-dv, k7 e fotos. O filme se debruça sobre esse material de Beth Carvalho para traçar um recorte único, íntimo da carreira e da vida dessa singular figura da cultura nacional.
Dia 15/2 às 15h e dia 17/2, às 19h.

TIA VIRGÍNIA
Brasil/ Ficção
Roteiro/Direção: Fabio Meira
Sinopse: Tia Virgínia tem como protagonista uma mulher de 70 anos que nunca se casou nem teve filhos e, convencida pelas irmãs, mudou-se de cidade para cuidar dos pais. O filme se passa  em um único dia, o dia em que Virgínia se prepara para receber as irmãs Vanda e Valquíria que viajam para celebrar o Natal.
Elenco: Vera Holtz, Arlete Salles e Louise Cardoso.
Dia 15/2, às 17h e dia 18/2, às 19h.

MÔA – RAIZ AFRO-MÃE
Brasil/ Documentário/ 2023/ 102min
Direção: Gustavo McNair
Sinopse. Em um prenúncio do que viria a ser o governo Bolsonaro, o mestre Moa do Katendê foi assassinado em um bar de Salvador, e foi assim que muita gente ficou sabendo de sua existência. O que muitos ainda desconhecem é que ele foi um dos artífices da revolução ocorrida no carnaval baiano, com o surgimento de blocos afro. Além disso, foi compositor, professor de capoeira e símbolo de resistência cultural.Sua história é contada através de imagens e depoimentos de gente como Gilberto Gil, Letieres Leite, Lazzo Matumbi, Fabiana Cozza, entre outros.
Dia 15/2, às 19h e dia 20/2, às 15h.

MEU NOME É GAL
Brasil/ Biografia/Musical/ 2023/ 120min
Direção: Dandara Ferreira/Lô Politi
Sinopse: Meu Nome é Gal acompanha de perto e de dentro o breve e efervescente momento da Tropicália, o principal movimento da contracultura no Brasil, responsável pela maior mudança musical e comportamental que o país já viveu. Gal Costa foi a principal voz feminina do Tropicalismo mas, para isso, precisou se libertar das amarras de uma timidez que quase a impediu de seguir sua vocação inequívoca. Com sua presença, sua atitude, seu corpo e sua voz, Gal Costa transformou a música brasileira e também toda uma geração, principalmente de mulheres. O filme mostra como ela e seus companheiros Caetano Veloso, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Jards Macalé, Tom Zé e Wally Salomão, ainda muito jovens, enfrentaram a dificuldade de serem tão vanguardistas em meio ao conservadorismo e à violência impostos pela ditadura militar no Brasil.
Elenco: Sophie Charlotte, Rodrigo Lellis, Camila Mardila, Luis Lobianco, Dan Ferreira, Dandara Ferreira, Chica Carelli e George Sauma.
Dia 16/2, às 15h e dia 20/2, às 17h.

MATO SECO EM CHAMAS
Brasil/ Drama/ 153min
Direção: Adirley Queirós e Joana Pimenta
Sinopse: Léa conta a história das Gasolineiras de Kebradas, tal como ecoa pelas paredes da Colméia, a Prisão Feminina de Brasília, Distrito Federal, Brasil.
Elenco: Joana Darc Furtado, Lá Alves da Silva, Andréia Vieira, Débora Alencar, Gleide Firmino.
Dia 16/2, às 17h e dia 20/2, às 19h.

URUBUS
Brasil/ Drama/ 2021/ 113 min
Direção: Claudio Borrelli
Sinopse: Em São Paulo, onde a pichação cobre mais muros e prédios do que qualquer outro lugar no planeta, Trinchas comanda um grupo de pichadores que escala os edifícios mais altos para deixar sua marca. Quando Trinchas conhece Valéria, uma estudante de arte, seus mundos colidem, resultando na invasão da 28ª Bienal de São Paulo. A partir de então, a pichação ocupa seu lugar no mundo da arte e o bando de jovens invisíveis da periferia se transforma em protagonista de um polêmico debate cultural.
Elenco: Gustavo Garcez, Bella Camero, Bruno Santaella, Julio Martins, Robert Orlando.
Dia 16/2, às 19h e dia 18/2, às 17h.

RETRATOS FANTASMAS
Brasil/ Documentário/ 2022/ 93min
Direção: Kleber Mendonça Filho
Sinopse: O filme tem o centro da cidade do Recife como personagem principal, sendo um espaço histórico e humano, revisitado através dos grandes cinemas que serviram como espaços de convívio durante o século XX. Foram lugares de sonho e de indústria, e a relação das pessoas com esse universo é um marcador de tempo para as mudanças dos costumes em sociedade.
Dia 17/2, às 15h e dia 21/2, às 15h.

ELIS E TOM – SÓ TINHA DE SER COM VOCÊ
Brasil/ Documentário/ 2023/ 101min
Direção: Roberto C. de Oliveira e Jom Tob Azulay
Sinopse: Em 1974, na cidade de Los Angeles, os artistas brasileiros Elis Regina e Tom Jobim se encontram para uma parceria musical, sem ter a noção de que seu álbum em conjunto se tornaria um dos discos mais emblemáticos da música popular brasileira. A obra que passou por muitas tensões e dramas até ser finalizada, contou com um grupo de jovens músicos que ajudaram a dupla a produzir uma obra prima.
Dia 17/2, às 17h e dia 21/2, às 19h.

CASA VAZIA
Brasil/ Ficção
Direção: Giovani Borba
Sinopse: Raúl é um peão desempregado e pai de família que vive numa casa isolada na imensidão solitária dos campos. A mão de obra tradicional da lida no campo já não serve mais aos patrões, donos das terras. A paisagem de imensas pastagens com o gado estão sendo sobrepostas por gigantescas lavouras de soja. Assolado pela pobreza e a falta de trabalho, ele se junta a outros peões para roubar gado durante a escuridão das noites no campo. Ao retornar de mais uma madrugada, encontra sua casa vazia; sua mulher e filhos desapareceram.
Elenco: Hugo Noguera, Araci Esteves, Nelson Diniz, Roberto Oliveira, Lucas Daniel Soares Rodrigues.
Dia 18/2, às 15h e dia 21/2, às 17h.

Ingressos
Os ingressos podem ser adquiridos a R$ 12 na bilheteria do CineBancários. Idosos (as), estudantes, bancários (as), jornalistas sindicalizados (as), portadores de ID Jovem e pessoas com deficiência pagam R$ 6. São aceitos cartões nas bandeiras Banricompras, Visa, MasterCard e Elo. Na quinta-feira, a meia-entrada é para todos e todas.

CineBancários
Rua General Câmara, 424 – Centro – Porto Alegre
Mais informações pelo telefone (51) 3030.9405 ou pelo e-mail cinebancarios@sindbancarios.org.br