Porto Alegre, terça, 23 de abril de 2024
img

Tênis: João Fonseca anuncia que vai se profissionalizar

Detalhes Notícia

O tenista brasileiro João Fonseca desiste de disputar o circuito universitário nos Estados Unidos e anuncia que vai seguir o caminho profissional. O jovem, de 17 anos, chegou na semana passada às quartas de final do Rio Open.

Em comunicado divulgado agora há pouco, o atleta disse que foi uma decisão difícil porque sonhava com a vida universitária.
No entanto, segundo João Fonseca, o tênis profissional o escolheu de uma maneira em que simplesmente não poderia dizer “não” nos últimos meses.

O brasileiro ainda destacou que, apesar de não ir à universidade, acredita que esse é um caminho extremamente valioso e viável para os jovens tenistas que têm a ambição de se tornarem profissionais no futuro.

O carioca iria estudar na Universidade da Virginia, em Charlottesville. Por causa das regras do circuito universitário americano, João Fonseca estava renunciando à premiação dos torneios profissionais que jogou.

 

“Para os fãs e amantes de tênis do mundo todo,

Gostaria de anunciar que renunciei a minha ida ao tênis universitário para me tornar tenista profissional.

Foi uma decisão muito difícil que minha família e eu precisamos tomar, especialmente por eu ter sonhado em viver a vida universitária em Charlottesville, jogando o esporte que amo com um time e um técnico incrível. Porém, nos últimos meses, sinto que o tênis profissional me escolheu de uma maneira em que eu simplesmente não poderia dizer “não”.

Gostaria de agradecer à University of Virginia e todas as pessoas envolvidas neste processo. Em nenhum momento me senti pressionado a escolher o tênis universitário. Todos vocês me deram o tempo que eu precisava, e eu realmente não poderia ser mais grato à UVA e ao Coach Andres Pedroso por isso. Sempre seguirei e torcerei por vocês, Cavaliers.

Mesmo não indo à universidade, acredito fortemente que é um caminho extremamente valioso e viável para os jovens tenistas que têm a ambição de se tornarem profissionais no futuro.

Por fim, gostaria de agradecer a todos pelo imenso apoio que venho recebendo.”

No Rio Open, por exemplo, o valor foi de quase R$ 300 mil.
As instituições de ensino dos Estados Unidos exigem que os estudantes se mantenham como amadores nos esportes em que competem.