Porto Alegre, quinta, 23 de setembro de 2021
img

Porto Alegre terá R$ 6,5 milhões para investimentos em obras de drenagem

Detalhes Notícia
Anúncio foi feito pelo ministro Roberto Marinho em visita às obras do Arroio Areia. SMIM / PMPA

 

 

Durante vistoria às obras de macrodrenagem do Arroio Areia, na Zona Norte, na tarde desta sexta-feira, 11, o ministro do Desenvolvimento Regional, Roberto Marinho, anunciou a liberação de R$ 6,5 milhões do governo federal para investimentos em drenagem na Capital. Acompanharam o ministro na visita os secretários municipais de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcelo Gazen, e de Planejamento e Gestão, Juliana Castro, e o secretário estadual de Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior.

“Estamos aqui para reafirmar o compromisso do governo federal com as obras de mobilidade urbana, saneamento e recuperação das nossas bacias”, afirmou Marinho. Ele ressaltou que “existe um compromisso federal para que não falte recursos para essas obras”.

Somente na macrodrenagem do Arroio Areia, serão investidos mais de R$ 107 milhões destinados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e R$ 1,3 milhão de contrapartida da prefeitura. O conjunto de 26 obras, iniciadas em junho de 2018, vão amenizar o histórico problema de alagamentos na região e beneficiar cerca de 180 mil moradores de 14 bairros.

Reservatórios – Durante a visita, Marinho pode acompanhar de perto as intervenções realizadas na Praça Fortunato Pimentel, na Vila Ipiranga, onde está em execução o reservatório R9. A construção em concreto armado, que está com 47% dos serviços concluídos, terá capacidade para armazenar 9.392 metros cúbicos (m³) de água da chuva. Também foi vistoriado o reservatório R2, construído na Praça Francisco Guerra Blessmann, no bairro Três Figueiras. Após a conclusão das obras do reservatório, com capacidade para 7.678,22m³ de água, o espaço foi entregue à população totalmente reurbanizado.

“É uma grande oportunidade apresentar ao ministro e ao governo federal o resultado do trabalho que temos realizado com os recursos recebidos”, disse o secretário Marcelo Gazen. “Somente no projeto do Arroio Areia, já iniciamos nove obras, das quais cinco estão concluídas. Já foram instalados mais de dois quilômetros de novas tubulações e um reservatório, beneficiando diretamente mais de 50 mil pessoas”, concluiu.