Porto Alegre, terça, 19 de outubro de 2021
img

CPI da Covid: baixa no ‘G7’ estremece grupo de senadores que pressiona Planalto na comissão. Ala formada por senadores de oposição e independentes, maioria na comissão, perde Eduardo Braga, que teria sido assediado pelo governo; por Natália Portinari, Julia Lindner e Paulo Cappelli/O Globo

Detalhes Notícia
O senador Eduardo Braga em sessão da CPI da Covid Foto: Edilson Rodrigues/ Agência Senado

Reportagem de Natália Portinari, Julia Lindner e Paulo Cappelli, em O Globo, mostra que o Grupo composto por senadores independentes e de oposição ao governo que atuam na CPI da Covid, o chamado “G7” perdeu um integrante. Ainda assim, essa ala, que costuma dar dores de cabeça ao Palácio do Planalto, mantém a maioria na comissão, que tem 11 titulares. Integrantes do agora “G6” estão convencidos de que o senador Eduardo Braga (MDB-AM) abandonou o bloco após sofrer assédio por parte do governo e, também, por ter se desentendido com seu conterrâneo Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI, durante uma das sessões.

A briga ocorreu após Aziz defender a aprovação de requerimentos que envolviam questões do Amazonas e poderiam expor aliados de Braga. Sem acordo no próprio grupo, Aziz cancelou, na segunda-feira, as votações de todos os requerimentos que estavam previstos para serem apreciados no dia seguinte.

Clique aqui e leia a reportagem completa em O Globo