Porto Alegre, terça, 21 de setembro de 2021
img

Em Angola, Mourão diz que Bolsonaro tem condições de terminar mandato tranquilamente; RFI

Detalhes Notícia
Vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, concede entrevista em Luanda, em 16 de Julho. © Romério Cunha

 

 

Em Luanda, o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, rejeitou a hipótese de ter de assumir a presidência por conta dos problemas de saúde de Jair Bolsonaro. “Acho que ele tem condições, desde que se cuide efetivamente, de terminar o governo tranquilamente. É que ele não pode cometer determinados excessos alimentares, esta é a realidade”, afirmou, nesta sexta-feira (16).

O vice-presidente participa em Angola da reunião da Comunidade de Países de Língua Portuguesa. Mourão viajou para o país africano na quarta-feira (14), mesmo dia em que Bolsonaro teve de ir a São Paulo para fazer exames por conta de uma obstrução intestinal.

Nesta sexta-feira, em entrevista à RFI, Mourão afirmou que a obstrução intestinal foi um problema decorrente da facada que atingiu o presidente durante sua campanha eleitoral, e que o levou a fazer três cirurgias. Ainda segundo o vice, o presidente está melhorando e deve voltar a Brasília no final de semana.

Pela manhã, Bolsonaro publicou em suas redes sociais uma imagem em que aparece andando pelos corredores do hospital.

Leia mais em RFI