Porto Alegre, quarta, 20 de outubro de 2021
img

Pedro Gonzaga e Roger Lerina debatem o livro e o filme As Horas

Detalhes Notícia
Em evento transmitido ao vivo pelo Instituto Ling na terça-feira, dia 19 de outubro, o escritor e o crítico de cinema analisam as diferenças e semelhanças entre o romance escrito por Michael Cunningham e o longa-metragem dirigido por Stephen Daldry. Foto: Reprodução

Premiado em suas versões literária e cinematográfica, a obra As Horas é o tema do encontro deste mês do projeto Adaptação do Instituto Ling. Em evento virtual conduzido ao vivo pelo escritor e professor de literatura Pedro Gonzaga e o jornalista e crítico de cinema Roger Lerina, o público poderá acompanhar e participar das discussões sobre o romance escrito pelo norte-americano Michael Cunningham em 1998, vencedor do Pulitzer de ficção, e o longa-metragem homônimo que chegou às telonas em 2002 estrelado por Nicole KidmanJulianne Moore e Meryl Streep, com direção de Stephen Daldry.

O bate-papo será transmitido ao vivo e gratuitamente no dia 19 de outubroterça-feira, às 19h, pela plataforma Zoom. Para participar, basta fazer inscrição prévia e sem custo no site www.institutoling.org.br. A atividade ainda inclui a exibição de alguns dos principais trechos do filme que recebeu diversas indicações ao Oscar e ao Globo de Ouro, levando a estatueta de melhor atriz para Nicole Kidman em ambas as premiações.

As Horas conta a história de três mulheres – uma real, duas fictícias – em busca de algum tipo de inserção no mundo “normal”, tendo como pano de fundo constante a presença palpável e inquietante da loucura e da morte. A personagem real é Virginia Woolf. Ela, mais Laura Brown, uma dona de casa angustiada num subúrbio de Los Angeles, em 1949, e Clarissa Vaughn, editora de sucesso na Manhattan dos anos 2000, são as protagonistas. Virginia, num dia normal e suburbano de 1923, esforça-se para manter sob controle os sintomas da depressão e para redigir seu livro, Mrs. Dalloway. Laura busca ajustar-se ao seu triplo papel de mãe, esposa e dona de casa, enquanto lê apaixonadamente Mrs. Dalloway. Clarissa, uma mulher de cinquenta anos e bem casada com uma produtora de TV, compra flores e organiza uma festa em homenagem a Richard, amigo gay que acaba de receber um prêmio literário.

Pedro Gonzaga é professor, tradutor, poeta e escritor. Doutor em literatura pela UFRGS, com diversas publicações em poesia e prosa, desenvolve há anos trabalhos com turmas de escrita criativa, voltadas para o público adulto. Atualmente é cronista dos jornais Zero Hora e O Estado de S. Paulo.

Roger Lerina é jornalista cultural, integrante da Abraccine e atua como repórter e crítico de cinema no Canal Brasil. É editor do site www.rogerlerina.com, uma plataforma dedicada a notícias, artigos e vídeos sobre cinema, artes cênicas, música, artes visuais e eventos culturais. É também curador do projeto Meu Filme Favorito, do Instituto Ling.

O projeto Adaptação – Entre a Literatura e o Cinema tem realização do Instituto Ling e do Ministério do Turismo / Governo Federal, com patrocínio de Crown Embalagens e Fitesa.

SERVIÇO – PROGRAMAÇÃO ON-LINE – LITERATURA E CINEMA
Adaptação – Entre a Literatura e o Cinema
Bate-papo ao vivo com o professor, escritor, poeta e tradutor Pedro Gonzaga e o jornalista cultural e crítico de cinema Roger Lerina comparando o livro As Horas, escrito por Michael Cunningham e o longa-metragem homônimo dirigido por Stephen Daldry
Dia 19 de outubro, terça-feira, às 19h, pela plataforma Zoom
Gratuito, mediante inscrição prévia pelo site www.institutoling.org.br

Para a experiência completa da programação, o Instituto Ling recomenda que o público leia o livro à venda nas principais livrarias on-line e assista ao filme, disponível para assinante do Now e para locação no Apple iTunes.

Informações úteis
www.facebook.com/InstitutoLing
www.instagram.com/Instituto.Ling
twitter.com/@InstitutoLing
www.youtube.com/c/InstitutoLingCultural
Fone: 51 3533-5700
Email: instituto.ling@institutoling.org.br