Porto Alegre, quarta, 20 de outubro de 2021
img

STJ encerra processo contra homem suspeito de furtar absorventes com a esposa; Metrópoles

Detalhes Notícia
Denúncia do Ministério Público de São Paulo havia sido aceita pelo Tribunal de Justiça do estado. Juntos, objetos furtados custavam R$ 13. Pixabay

 

 

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu um habeas corpus e rejeitou denúncia oferecida pelo Ministério Público de São Paulo (MPSP) contra um autônomo de 36 anos que teria furtado, em novembro de 2019, um pacote de absorventes e outros produtos, que, juntos, custariam R$ 13.

O incidente ocorreu no Shopping do 1 Real, em Rio Claro, interior de São Paulo. O suspeito foi ao estabelecimento com a esposa. De acordo com a Polícia Civil, eles foram flagrados por um segurança do local ao pegarem os produtos da prateleira e os guardarem em uma mochila e no bolso da bermuda do homem. O Metrópoles teve acesso à íntegra do processo, que contém todo o trâmite do caso na Justiça, além do boletim de ocorrência e do inquérito policial.

Leia mais em Metrópoles