Porto Alegre, sexta, 03 de dezembro de 2021
img

A indignação nos EUA por caso de jovem rico que abusou de 4 mulheres e não irá para prisão; BBC

Detalhes Notícia
Christopher Belter, de 20 anos, reconheceu crimes, mas vai cumprir oito anos de liberdade condicional. CRÉDITO,POLÍCIA DO CONDADO DE NIAGARA FALLS

 

 

O americano Christopher Belter, de 20 anos, reconheceu ter abusado sexualmente de quatro adolescentes na casa de seus pais em um bairro rico no estado de Nova York, mas não irá para a prisão. Em vez disso, cumprirá oito anos de liberdade condicional.

A decisão, proferida pelo juiz do Tribunal do Condado de Niágara, Matthew J. Murphy III, causou indignação não apenas das vítimas e suas famílias, mas também do público americano.

Os estupros aconteceram entre fevereiro de 2017 e agosto de 2018, quando o jovem frequentou uma escola particular em Buffalo. Três das vítimas tinham 16 anos e o restante, 15. Todas foram agredidas em quatro incidentes separados.

O magistrado disse estar “agonizando” pelo caso de Belter, que, segundo o jornal americano Washington Post, se declarou culpado em 2019 pelos crimes de estupro em terceiro grau e tentativa de agressão sexual em primeiro grau, além de duas acusações menores de abuso sexual no segundo grau.

Leia mais em BBC