Porto Alegre, terça, 30 de novembro de 2021
img

Sob protesto de professores, Câmara aprova redução da isenção tarifária em Porto Alegre; Correio do Povo

Detalhes Notícia
PL foi aprovado por 24 votos a oito contrários nesta quarta-feira | Foto: Ricardo Giusti

 

 

Câmara de Vereadores aprovou, nesta quarta-feira, o projeto de lei da Prefeitura que diminui as isenções tarifárias do transporte coletivo por ônibus em Porto Alegre. Além dos professores, deixam de contar com o benefício idosos de 60 a 64 anos, entre outros. Em contrapartida, os soldados da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros Militares do Rio Grande do Sul ficam isentos da tarifa.

Com a aprovação da proposta, que recebeu 24 votos favoráveis e 8 contra, o líder do governo na Câmara, vereador Idenir Cecchim (MDB), afirmou que a prefeitura pretende reduzir em R$ 0,25 o valor da passagem de ônibus.

O projeto prevê isenção da tarifa a pessoas portadoras de HIV e acompanhante; estudantes do ensino técnico, profissionalizante, preparatório; enfermidades e acompanhantes; e crianças e adolescentes de assistência social e acompanhantes. A proposta de isenção da tarifa a fiscais de trânsito foi rejeitada.

Leia mais no Correio do Povo