Porto Alegre, sexta, 19 de agosto de 2022
img

Porto Alegre: Trabalho da Corregedoria da Capital é apresentado em Santa Catarina

Detalhes Notícia
Ferenci destacou que Porto Alegre é referência em organização no sistema de correição. Divulgação / PMPA

 

 

Com o objetivo de apresentar o trabalho da Corregedoria-Geral do Município de Porto Alegre, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Transparência e Controladoria (SMTC), e debater a importância da governança na correição, Porto Alegre foi a única Capital convidada a participar do Diálogos Correcionais – edição Santa Catarina. O evento, promovido pela Corregedoria-Geral da União e Controladoria-Regional da União no Estado de Santa Catarina, ocorreu na tarde de quarta-feira, 22, no Tribunal de Contas de Santa Catarina.

De acordo com o titular da SMTC, Gustavo Ferenci, um dos painelistas do encontro, a Capital gaúcha é referência em organização no sistema de correição. “Somos uma das primeiras cidades a aderir ao sistema ePAD. Com isso, demos um salto de qualidade na gestão e controle das não conformidades administrativas, a partir de um processo de governança que envolve todos os órgãos da prefeitura”, destaca.

Além de abordar a gestão correcional, o evento promoveu o debate de questões relativas à atuação das corregedorias, com o intercâmbio de conhecimento, informações e experiências. Também foram discutidos temas relacionados à responsabilização de agentes públicos e privados, bem como inovação.

EPAD- é um sistema criado pela Corregedoria-Geral da União, que organiza as informações dos procedimentos administrativos correcionais e gera peças necessárias para condução dos procedimentos disciplinares.